Sobe para 83 o número de mortos em temporais do RS

Estado da Região Sul tem mais de 850 mil pessoas afetadas pelas chuvas nesta semana; há 111 desaparecidos

As chuvas intensas que atingem o Rio Grande do Sul, em uma tragédia climática sem precedentes, afetaram a vida de 850.442 pessoas no Estado, conforme balanço divulgado pela Defesa Civil estadual às 9h de hoje (6/5). São 345 municípios afetados. O número de desalojados pelas cheias está em 121.957 pessoas. Há 19.398 pessoas em abrigos. O número de mortos chegou a 83 e outros quatro estão sendo investigados para ver se os óbitos têm relação com as chuvas. Também há 276 feridos e 111 desaparecidos.

O nível do Rio Guaíba estava em 5,27 metros às 8h de hoje. As águas invadiram parte dos bairros Menino Deus e o Centro Histórico da capital. Mas falta água. Das seis estações de tratamento do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae), apenas duas estão operando (Menino Deus e Belém Novo), deixando 70% da cidade desabastecida. O prefeito Sebastião Melo reforçou o pedido para que a população economize água, pois não há previsão para a normalização do abastecimento.

No início da manhã de hoje, 6, 7.573 pessoas estavam acolhidas em ao menos 60 abrigos temporários organizados pela Prefeitura de Porto Alegre ou cadastrados junto a parceiros.

O ponto de referência para os desabrigados é no Teatro Renascença, na avenida Erico Verissimo. A Sogipa, no bairro Higienópolis, também está servindo de apoio primário para as pessoas que estão em regiões próximas. A prefeitura de Porto Alegre suspendeu as aulas na rede municipal até quarta-feira, 8, e recomendou que as privadas também não abram as escolas. Já a Secretaria da Educação (Seduc) definiu que as aulas da Rede Estadual retornarão a partir de amanhã para os estudantes das seguintes Coordenadorias Regionais de Educação (CRE): Uruguaiana (10ª CRE); Osório (11ª); Erechim (15ª); Rio Grande (18ª); Palmeira das Missões (20ª); Três Passos (21ª); São Luiz Gonzaga (32ª); São Borja (35ª) e Ijuí (36ª).

A medida leva em consideração o fato de que essas regiões foram menos impactadas pelas enchentes e, portanto, estão aptas a retomar as atividades escolares no meio da semana. Nessas localidades, porém, a partir de segunda-feira (6/5), docentes e equipes diretivas estarão reunidos para atividades de planejamento e alinhamento das orientações para a retomada.

De acordo com a última atualização, às 18h de domingo, de um total de 2.338 escolas estaduais, 733, em 229 municípios, foram afetadas de alguma forma pelas chuvas. Desse número, 278 foram danificadas.






TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!
Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nossos termos de privacidade e consentimento da nossa Política de Privacidade.