Sexta-feira Santa com chuva forte no RS e SC

Pancadas podem ser acompanhadas de rajadas de vento de no máximo 70 quilômetros por hora
Imagem do autor

Publicado em 29/03/2024

Uma nova área de baixa pressão sobre o Rio Grande do Sul deve ajudar a formação de nuvens carregadas nesta Sexta-feira Santa (29), feriado nacional. Em áreas centrais e do Noroeste gaúcho, como Santa Rosa (RS) e Santa Maria (RS), a chuva pode começar pela manhã e ganha intensidade no período da tarde. Já em Porto Alegre, no litoral, na Serra Gaúcha e no Sul do Estado, essas pancadas devem ocorrer a partir da tarde, de maneira forte, isolada e acompanhada de rajadas de vento de no máximo 70 quilômetros por hora. Esse cenário de pancadas isoladas também deve se estender à Santa Catarina, principalmente nas áreas da serra catarinense e a região de Chapecó (SC). Já em Florianópolis e nas demais localidades essa chuva também pode ocorrer a partir da tarde, mas nada muito significativo.No Paraná, a situação é ainda mais tranquila. Sem previsão de chuva no Noroeste, como Campo Mourão (PR) e Londrina (PR), por exemplo. E nas outras áreas, o sol aparece entre poucas nuvens pela manhã e há possibilidade de chuva fraca e passageira no período da tarde e da noite. No sábado (30) o sol vai aparecer forte na maior parte do dia nos três estados. Curitiba e o centro-leste do Paraná, o litoral catarinense e o Vale do Itajaí terão chuva isoladas, que não devem se prolongar por muito tempo.No domingo de Páscoa (31) uma frente fria chega ao Rio Grande do Sul e tem previsão de pancadas de chuva com raios, à tarde e à noite, para o sul, campanha gaúcha e oeste do estado. O litoral do PR e SC ainda deve ter chance de chuva rápida. Nas demais áreas não chove. A presença de um cavado meteorológico sobre o Sul do país na segunda-feira (01) vai fazer com que as instabilidades sejam reforçadas e a chuva volta com mais intensidade para o norte gaúcho, Santa Catarina e boa parte do Paraná, principalmente o sudoeste e áreas próximas a Foz do Iguaçu (PR). Mesmo com a chegada das precipitações, as temperaturas devem se manter baixas no amanhecer e um pouco mais elevadas à tarde, assim como um típico cenário de outono. Especialmente no oeste dos três estados, as máximas serão mais elevadas.


TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Texto publicado originalmente em

Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.