Semana vai ser de mercado bovino com pouca movimentação

O que anima a semana é a publicação do MAPA decretando 16 Estados e o Distrito Federal livres de febre aftosa sem vacinação
Imagem do autor
- Especial para Rural News
Publicado em 25/03/2024

A semana do mercado de boi deve ser de pouca movimentação, mas de certo modo, ficou animada com a publicação do Ministério da Agricultura, no Diário Oficial da União, dos 16 estados e o Distrito Federal agora livres de febre aftosa sem vacinação. Além disso, há uma clara movimentação entre os pecuaristas se preparando para o final da disposição de pastagens, o que tem mantido as vendas com bom fluxo.

A portaria nº 665 trouxe o reconhecimento nacional dos estados do Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rio de Janeiro, Roraima, São Paulo, Sergipe, Tocantins e o Distrito Federal, como livre de febre aftosa sem vacinação.
Vendas no mercado bovino tem mantido bom fluxo
Vendas no mercado bovino tem mantido bom fluxo

Há algumas pontuações, pois a portaria proíbe o armazenamento, comercialização e o uso de vacinas contra a febre aftosa nos estados citados e, também, restringe movimentação de animais e de produtos desses locais para as demais áreas que ainda praticam a vacinação no país. A proibição do trânsito de animais vai permanecer em vigor até que a Organização Mundial de Saúde Animal conceder o status sanitário com reconhecimento internacional.

Não há novidade na publicação de hoje, era esperada. Abre mercados ou oferece potencial de abertura para países importadores exigentes. Os efeitos mercadológicos são, de fato positivos. Contudo, pensando na dimensão das fronteiras, o risco é alto, fator que exige maior fiscalização não só do poder público, mas, principalmente, por parte do produtor.

Estamos na Semana Santa, há uma desaceleração natural no consumo de carne vermelha. Entretanto, o que chama a atenção é o movimento de vendas de animais para abate e também a participação de fêmeas. O final da safra de pastagem está próximo e parece haver uma antecipação nas vendas.

Sobre o autor

Fabiano Reis é jornalista econômico, especialista em Marketing rural e mestre em Produção e Gestão Agroindustrial. Editor de economia e agricultura do Canal do Boi, onde apresenta o programa AgriculturaBR. É colunista econômico em diversos veículos de imprensa. Professor universitário nos cursos de Administração e Comunicação Social. Palestrante nas áreas de comunicação e agronegócio; Apresentador de eventos e feiras. Publicou os livros Reflexos sobre o nada nos mares do Pantanal, Life Editora, 2011 (livro poesias); A interação da pecuária brasileira, Nelore MS, 2012; Nelore: mostra a força de uma raça, Nelore MS, 2010; O perfil do comércio varejista de carne bovina de Campo Grande-MS, dissertação de mestrado, UNIDERP, 2005; Redação e revisão do livro Organização e Valor para Comércio Varejista de Carne, SEBRAE, 2004.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.