Devastação da Amazônia é de quase 200 km²

Instituto Imazon diz que número desmente campanha pelo desmatamento zero até 2023

Publicado em 19/03/2024

O Brasil registrou a menor taxa de desmatamento da floresta Amazônica, em janeiro e fevereiro, em um período em 6 anos, segundo levantamento divulgado pelo Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia) nesta segunda-feira (18). Segundo a publicação, foram devastados 196 km² de florestas, neste ano, contra 523 km² nos dois primeiros meses de 2023. A redução foi de 63%.

Apesar dessa queda, a área devastada é maior do que a de três capitais brasileiras: Vitória (97 km²), Natal (167 km²) e Aracaju (182 km²).
;Área desmatada é maior que território de três estados
;Área desmatada é maior que território de três estados

O pedaço destruído da mata, neste ano, superam os registros de 2008 a 2017, com exceção do ano de 2015.

O resultado mais recente vai na contramão de promessa do governo federal, de buscar o desmatamento zero até 2030.

Mato Grosso, Roraima e Amazonas são os Estados com as maiores taxas de desmatamento da Amazônia, com 152 km² de florestas derrubadas ou 77% de toda a destruição registrada neste ano.



TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.