Produção de açaí irrigado tem sua primeira Zarc

Mapa e Embrapa elaboram documento com base em série climatológica de 15 anos

Publicado em 27/02/2024

O Ministério da Agricultura e Pecuária publicou nesta terça-feira (27), no Diário Oficial, o Zarc (Zoneamento Agrícola de Risco Climático) para a cultura do açaí em sistema de produção irrigado. O documento é específico para a espécie Euterpe oleracea, de origem amazônica, e orienta a sua possível expansão para outras regiões do país.

É primeiro zoneamento para o açaí e considera riscos climáticos de 20%, 30% e 40%. Na maior parte do Brasil, o Zarc aponta risco de 20% para a cultura.O Mapa aponta que as regiões Norte e Nordeste, a maior parte do Centro-Oeste e uma pequena parte do Sudeste (norte de Minas Gerais e Espírito Santo) têm condições de temperatura, umidade, ocorrência de chuvas e tipos de solo que permitem o cultivo da palmeira amazônica em sistema irrigado.
Produção deve obedecer a critérios estabelecidos no documento
Produção deve obedecer a critérios estabelecidos no documento

O modelo agrometeorológico utilizado no estudo considera diversos elementos climáticos, como a temperatura, a ocorrência de chuvas, umidade relativa do ar, água disponível nos solos, necessidade hídrica da cultura e elementos geográficos, como altitude, latitude e longitude, segundo a Embrapa.

As características de solo e clima de todas as regiões do país foram analisadas desde o plantio até a colheita, incluindo necessidade de água e o tipo de solo para cada fase de desenvolvimento do açaí, com dados meteorológicos de séries históricas de pelo menos 15 anos, além de conhecimento científico sobre a cultura e validações em campo.

O Zoneamento de Risco Climático para o sistema de produção irrigado de açaí pode ser acessado no aplicativo móvel Zarc Plantio Certo, desenvolvido pela Embrapa Agricultura Digital (Campinas/SP), e disponível nas lojas de aplicativos: iOS e Android.


Crescimento

Entre as culturas perenes produzidas no Brasil, como café, laranja, cacau e dendê, o crescimento da produção de açaí ganha destaque nos últimos anos.O IBGE monitora a produção desde 2015 e considera tanto o açaí manejado das áreas de várzea quanto o cultivado. A área colhida de frutos de açaí no Brasil cresceu em torno de 100 mil hectares, saindo de 137 mil hectares em 2015 para 233 mil hectares em 2022, de acordo com os dados do instituto.

No mesmo período, a produção nacional saltou de 1 milhão de toneladas para 1 milhão e 700 mil toneladas.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Mais lidas
1
Máquina utiliza Inteligência Artificial para fazer seleção de grãos
2
Aurora Coop inaugura indústria de processamento de carne de R$ 587 milhões
3
Safra de grãos será 25 milhões de toneladas a menos que anterior
4
Cercas e arames com alta tecnologia são destaque da Belgo na Tecnoshow
5
Artesanato local também teve o seu espaço na Tecnoshow
6
Mato Grosso do Sul terá a maior unidade de bovinos da América Latina
7
Aumento de casos de anomalia da soja preocupa no Sul
8
Maior feira da América Latina, Agrishow ainda fica devendo em infraestrutura
9
Tecnoshow Comigo movimentou R$ 9,340 bilhões em negócios
10
Corteva apresenta na Tecnoshow solução biológica fixadora de nitrogênio
11
Soja tem valor bruto de produção reduzido em um quinto
12
Oferta segue elevada mas demanda firme estabiliza as cotações da tilápia
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.