Soja segue em alta em Chicago após sessão de ganhos

Nesta quinta-feira, 20/03, a soja finalizou a sessão com ganhos superiores a 20 cents e continua em alta nesta sexta-feira
Imagem do autor
- Especial para Rural News
Publicado em 21/03/2024

Os preços da soja seguem em alta nos futuros de Chicago nesta manhã de quinta-feira, depois dos sólidos ganhos, superiores a 20 cents, apurados na sessão anterior. Neste momento, está com 4 cents de alta, a U$ 12,14/maio.Os ganhos são atribuídos ao excesso de chuvas em extensas áreas da Argentina, à melhor perspectiva para a economia norte-americana e ao aumento da procura pelo produto dos EUA.Nesta quarta-feira, o FED manteve a taxa de juros dos EUA (entre 5,25% e 5,50% ao ano) diante da economia ainda bastante aquecida. As projeções de médio e longo prazos indicam crescimento robusto do PIB do país. Por isso, a redução da taxa de juros ficou para mais tarde.O mercado também vê sinais positivos diante de novas exportações dos EUA. É esperado que o relatório de exportações traga vendas entre 0,3MT e 1,15MT na última semana. Lá na ponta final, o USDA elevou a estimativa de importações da China para 105,0MT, aumento de 3,0MT sobre a projeção de fevereiro.O mercado também começa a especular sobre a próxima safra dos EUA. Na semana que vem o USDA vai divulgar o relatório de primeira intenção de plantio. A perspectiva é de aumento da área de soja em detrimento da área de milho.No mercado interno, os preços vêm recebendo suporte da alta observada em Chicago; porém, parte dos ganhos é podada pela queda do dólar, que voltou a ser negociado abaixo da linha de R$ 5,00.Prêmios nos portos são indicados com alguma melhora; no mercado spot estão na faixa entre -35/-25. Indicações de compra no oeste do Paraná entre R$ 118,00/120,00 e em Paranaguá na faixa de R$ 126,00/127,00 – dependendo do prazo de pagamento e, no interior, também do local e do período de embarque.

Ganhos são impulsionados pela melhor perspectiva para a economia norte-americana e pelo aumento da procura pelo produto dos EUA
Ganhos são impulsionados pela melhor perspectiva para a economia norte-americana e pelo aumento da procura pelo produto dos EUA

Sobre o autor

Possui graduação em Jornalismo pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos(1981), graduação em Economia pela Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Cascavel(1985), especialização em Teoria Econômica pela Universidade Federal do Paraná(1989) e mestrado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina(2001). Tem experiência na área de Economia. Atuando principalmente nos seguintes temas:Maximização da Renda, Informação, Comercialização. É diretor da Corretora Granoeste, de Cascavel/PR.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Mais lidas
1
Máquina utiliza Inteligência Artificial para fazer seleção de grãos
2
Aurora Coop inaugura indústria de processamento de carne de R$ 587 milhões
3
Safra de grãos será 25 milhões de toneladas a menos que anterior
4
Cercas e arames com alta tecnologia são destaque da Belgo na Tecnoshow
5
Artesanato local também teve o seu espaço na Tecnoshow
6
Mato Grosso do Sul terá a maior unidade de bovinos da América Latina
7
Aumento de casos de anomalia da soja preocupa no Sul
8
Maior feira da América Latina, Agrishow ainda fica devendo em infraestrutura
9
Tecnoshow Comigo movimentou R$ 9,340 bilhões em negócios
10
Corteva apresenta na Tecnoshow solução biológica fixadora de nitrogênio
11
Soja tem valor bruto de produção reduzido em um quinto
12
Oferta segue elevada mas demanda firme estabiliza as cotações da tilápia
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.