Milho reverte perdas e opera em alta para contratos futuros

Nos EUA, a produção de etanol se apresenta em queda nesta semana
Imagem do autor
- Especial para Rural News
Publicado em 07/03/2024

Os contratos negociados com milho em Chicago operam em alta de 8 cents, a U$ 4,37/maio, nesta manhã de quinta-feira (7). Ontem, houve ganhos entre 2 e 4 cents. Na BMF, a posição março trabalha em R$ 62,95 (+0,40%) e maio, em R$ 59,05 (+1,10%).

Nos EUA, a produção de etanol se apresenta em queda nesta semana; isto é reflexo de certa redução no consumo – algo da ordem de 2% na variação semanal. A aplicação semanal de milho para a produção de etanol está em torno 2,70MT; no ano, o consumo está projetado em 136,5MT.Segundo a Secex, as exportações de milho brasileiro em fevereiro ficaram em 1,70MT, contra 2,20MT de fevereiro de 2023.
Internamente, o mercado segue acompanhando o plantio e o desenvolvimento da safrinha
Internamente, o mercado segue acompanhando o plantio e o desenvolvimento da safrinha

Internamente, o mercado segue acompanhando o plantio e o desenvolvimento da safrinha, que até este momento está indo bem, inclusive em estágio mais adiantado do que no mesmo ponto do ano passado. Os relatos sobre problemas são bastante pontuais. Em resumo, o mercado continua lento, com poucos lotes sendo ofertados e compradores também não esboçando muita vontade na compra.

No oeste do Paraná, indicações de compra para lotes prontos de milho na faixa entre R$ 53,00/55,00 – dependendo de prazos de pagamento e localização do lote.

Câmbio


O dólar opera levemente em baixa, neste momento, a R$ 4,94. Ontem, fechou em R$ 4,944.


Sobre o autor

Possui graduação em Jornalismo pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos(1981), graduação em Economia pela Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Cascavel(1985), especialização em Teoria Econômica pela Universidade Federal do Paraná(1989) e mestrado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina(2001). Tem experiência na área de Economia. Atuando principalmente nos seguintes temas:Maximização da Renda, Informação, Comercialização. É diretor da Corretora Granoeste, de Cascavel/PR.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.