Cepea apura causas da queda de preços do milho

Pesquisadores apontam priorização do trabalho no campo, antes de vendas

Publicado em 29/01/2024

Os preços do milho seguem em queda no mercado doméstico neste primeiro mês do ano. Até o dia 25 de janeiro, o Indicador Esalq/BMFBovespa (região de Campinas – SP) acumulava forte recuo de 10%.

Vendas são realizadas com cotações baixistas, com valor da saca perto de R$ 62 - queda de 0,4% na sexta-feira (26), segundo o Cepea.
Trabalhos no campo ocupam maior parte do tempo de produtores, segundo o Cepea, nesta época
Trabalhos no campo ocupam maior parte do tempo de produtores, segundo o Cepea, nesta época



Pesquisadores lembram que os valores chegaram a esboçar reação na última semana, influenciados por um pontual aquecimento na demanda, mas a retração compradora ainda predominou no balanço do período, mesmo diante da possibilidade de menor oferta em 2024.


Vendedores priorizam os trabalhos de campo, conforme relatos de colaboradores do Cepea.



Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)



TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Mais lidas
1
Quedas e oscilações de energia causam prejuízo milionário no campo
2
Arroba do gado pronto tem queda em algumas praças brasileiras
3
Brasil ainda tem fortes pancadas de chuva nesta sexta
4
Soja encerra a semana com mais um dia de queda na Bolsa de Chicago
5
Mais um dia de forte queda para o complexo da soja em Chicago
6
Mau cheiro de navio com 19 mil bois do RS surpreende moradores da Cidade do Cabo
7
Conheça o AgroBanker, a nova carreira do agronegócio
8
Brasil deve seguir com grande produção bovina em 2024 e elevar exportações
9
PR está entre os os três maiores exportadores do agronegócio do país em janeiro
10
Calor volta a acelerar a maturação do tomate e preço cai nos atacados
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.