Aprosoja realizou a abertura da colheita de Soja em Goiás

A solenidade de abertura aconteceu no espaço do Agro Brasília e contou com dezenas de produtores entre outros do segmento do agronegócio goiano
Imagem do autor
- Especial para Rural News
Publicado em 27/01/2024

Durante a abertura oficial da colheita de soja da safra 2023/24 em Goiás e no Distrito Federal, ocorrida hoje no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, a Aprosoja Brasil revelou que idêntico evento em nível nacional ocorrerá na cidade gaúcha de Tapera no dia 1º de março. No Agro Brasília, a solenidade de abertura contou com dezenas de produtores entre outros do segmento do agronegócio.

Segundo Maurício Buffon, da Aprosoja Brasil, há previsão de quebra de safra de 15% em Goiás, podendo chegar a mais, conforme o clima. “O ano passado e este está sendo de desafios tanto no plantio quanto nos preços”, lamentou. Clodoaldo Callegari, da Aprosoja – Go, o clima adverso foi responsável pela quebra dos sojais no Entorno do Distrito Federal.
Diversas autoridades do agro prestigiaram o evento
Diversas autoridades do agro prestigiaram o evento

A safra 2023-2024 de soja será de 130 milhões de toneladas no País, na visão da Associação dos Produtores de Soja do Brasil. O índice de produtividade esperado é de 7,12% menor que o ano agrícola de 2022-2023. Ou seja, 54,29 de sacos por hectare.

A estimativa foi oficialmente divulgada nesta segunda-feira após a coleta de dados de 15 Aprosoja estaduais. Diante deste quadro, a entidade recomenda aos produtores “extrema cautela e a readequação dos negócios diante desta dura realidade”.

A Aprosoja ainda solicita aos parceiros comerciais que financiam a safra que demonstrem o “valor da parceria diante da eventual capacidade dos produtores de honrar todos os compromissos programados”.
Promovido pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Goiás (Aprosoja-Go) em parceria com a Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), a abertura oficial da colheita de soja reuniu dezenas de produtores, entre outros. O evento transcorreu durante todo o dia.

A área de soja onde colhida localiza-se na Fazenda Maringá em Cristalina e transmitida para o local do evento, no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci.

Para a colhida simbólica foi usada uma colheitadeira Case IH modelo Axial-Flow 8250 de propriedade de um cliente da loja da Pivot em Cristalina de Goiás. Segundo o gerente da loja, Henrique Bassani, o equipamento possui plataforma de 40 pés, tem capacidade de colheita de nove hectares por hora, é equipado com piloto automático, telemetria e mapa de produtividade. Possui também sistema automation sistema inteligente de auto - regulagem.
“Para nós que atuamos neste cinturão agrícola do DF é uma honra ser o palco abertura oficial da Colheita de Soja, além do mais, é uma forma de destacar a importância que essa região tem para o agronegócio goiano e nacional. Para se ter uma ideia, Cristalina, onde estamos com a nossa loja, é a terceira economia agrícola de Goiás e 11ª do Brasil”, destaca o gerente, cuja loja atende, além de todos os municípios do pólo agroindustrial do Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF), as cidades de Luziânia, Cidade Ocidental e Valparaíso de Goiás.

Nesta safra 2023/2024, a área de soja plantada em Goiás deve atingir 4,6 milhões de hectares. A produção estimada divulgada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) até o último mês de 2023 está na faixa de 17,5 milhões de toneladas.

A escolha do Entorno do DF para sediar o evento referencia a importância que a região tem no cenário agrícola de Goiás, apesar dos recentes desafios impostos pelo impacto da escassez hídrica verificada no último período de plantio, um dos efeitos do fenômeno El Niño.
A estimativa levantada até o fim de 2023 é de que a região do Entorno do DF responda por uma colheita de 834 mil toneladas de grãos, especialmente soja, feijão carioca, milho safrinha e trigo, principais produtos agrícolas da região. A área também tem grande presença na produção de algodão, sorgo, tomate, batata, cebola e fruticultura.

Para se ter uma ideia do peso do agronegócio na economia do Entorno do DF, segundo dados do último Boletim de Conjuntura do o Instituto de Pesquisa e Estatística do Distrito Federal, a agropecuária tem participação superior a 50% do PIB municipal de 12 cidades que formam a Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno.

O destaque vai para os municípios de Mimoso, com agro tendo participação em 76,4 % do PIB municipal; Água Fria, com 75%,8% de seu PIB com participação das atividades agrícolas; e Cabeceiras, com 69,1% de sua economia com participação do agronegócio. Esses outros municípios integram o cinturão agrícola do Entorno do DF.

Excluindo a cidade de Brasília, o município tem o segundo maior PIB da região, sendo quase 60% da atividade econômica municipal vem do agronegócio. Embora a área de plantio do Distrito Federal e seu entorno esteja entre as de menores do País - com pouco mais de 178 mil hectares - a região registrou a terceira maior produtividade no Centro-Oeste nesta no ciclo anterior, 2022/2023, com 4,7 mil kg/ha.
Diversas autoridades do agro prestigiaram o evento

Estimativa levantada até o fim de 2023 é de que a região do Entorno do DF responda por uma colheita de 834 mil toneladas de grão

Sobre o autor

Wandell Seixas é um dos mais respeitados jornalista especializados no agronegócio e escreve diariamente para o portal RuralNews. É bacharel em Direito pela PUC-GO, ex bolsita em cooperativismo agrícola pela Hidradut, em Tel Aviv, Israel. Já foi assessor de imprensa da FAEG, Emater, SGPA, CDL, além de autor do livro O Agronegócio Passa Pelo Centro Oeste e História da SGPA - Domando o Boi pela Genética.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Mais lidas
1
Escassez de frutas elevam preços do melão mais uma vez
2
Clima impulsiona aumento de oferta da alfece em SP
3
Público surpreende na Abertura Oficial da Colheita de Arroz e Grãos
4
Governo federal pretende mecanizar a agricultura familiar
5
Dados climáticos são fundamentais para a rentabilidade das culturas
6
Exportações de 873 mil doses foram destaque do mercado de sêmen em 2023
7
Rio Grande do Sul poderá ter temporais de hoje até quinta-feira
8
Preço do milho varia pouco no BR, mas cai com força no mercado externo
9
Demanda do ovo cai, mas a oferta controlada sustenta cotações
10
Com maior interesse comprador, soja tem peço mais firme na semana
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.