Mercado do boi pressionado no Brasil e com pouco volume de negócios

Trata-se da segunda quinzena de um mês marcado por muita conta para pagar pela população brasileiro e sequente de um mês de alto consumo.
Imagem do autor
- Especial para Rural News
Publicado em 26/01/2024

Mercado boi gordo teve uma semana marcada com uma nova situação no valor de base na praça de referência, São Paulo, negociando a arroba com piso de R$ 240,00. O escoamento da carne bovina entre atacado e varejo é mais lento no começo do ano, não chega a ser uma novidade para começo de ano, mas o fator que costuma a pesar no mercado já nas primeiras semanas, começou a surtir impacto já no final do mês. Trata-se da segunda quinzena de um mês marcado por “muita conta para pagar” pela população brasileiro e sequente de um mês de alto consumo.

Há estoque de carne bovina nas câmeras frias dos frigoríficos, não estão abarrotadas, mas sim, existe a necessidade de baixar o “peso” destes estoques. Um fator relevante é que essa carne bovina hoje estocada é resultado das compras de animais com valores mais altas, então a relação entre o atacado e varejo fica bem importante, já que no começo de cada ano a população busca aquisição de proteína mais acessível financeiramente e, os dados de mercado mostram recuo para carne bovina, de frango, (forte na suína), até ovos perderam preço. O movimento não é isolado.
Carne bovina hoje estocada é resultado das compras de animais com valores mais altas
Carne bovina hoje estocada é resultado das compras de animais com valores mais altas

Com o exposto, o setor industrial consegue se pressionar os preços da arroba de animais prontos. Eu citava na última quinta-feira (25/1) o recuo nos preços no Mato Grosso do Sul, também reforço as sinalizações de quedas nos preços em São Paulo. No Sul do Estado de Mato Grosso temos até uma melhora de preços na semana, com valores em R$ 212,00, Goiás também tem uma resistência maior e o preço também subiu um Real na semana.
No Sul do Estado de Mato Grosso temos até uma melhora de preços na semana, com valores em R$ 212,00, Goiás também tem uma resistência maior e o preço também subiu um Real na semana
Fabiano Reis

O movimento econômico de “U” deve ser visto com dois fatores importantes em fevereiro que podem consumir e, quem sabe, zerar, os estoques de carne bovina. Cito as festividades de Carnaval e também a volta das aulas para a maior parte dos estudantes no Brasil. Os elementos citados devem trazer, como já citei, recuperação de preços. Não se trata de ganhos, mas deve trazer os preços para uma regularidade mais interessante para o preço do gado pronto, que deve manter a estabilidade até março (torcida para chegar me abril) mas depois devemos entrar em um período de menor volume de pastagens, oferta de fêmeas expressiva (forte, mas não como no último ano) e o preço recua em movimento sazonal.


Sobre o autor

Fabiano Reis é jornalista econômico, especialista em Marketing rural e mestre em Produção e Gestão Agroindustrial. Editor de economia e agricultura do Canal do Boi, onde apresenta o programa AgriculturaBR. É colunista econômico em diversos veículos de imprensa. Professor universitário nos cursos de Administração e Comunicação Social. Palestrante nas áreas de comunicação e agronegócio; Apresentador de eventos e feiras. Publicou os livros Reflexos sobre o nada nos mares do Pantanal, Life Editora, 2011 (livro poesias); A interação da pecuária brasileira, Nelore MS, 2012; Nelore: mostra a força de uma raça, Nelore MS, 2010; O perfil do comércio varejista de carne bovina de Campo Grande-MS, dissertação de mestrado, UNIDERP, 2005; Redação e revisão do livro Organização e Valor para Comércio Varejista de Carne, SEBRAE, 2004.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Mais lidas
1
Agro é destaque no fechamento do PIB nacional de 2023
2
Pecuária leiteira vive seu pior momento no Brasil, apontam líderes do setor
3
24ª Expodireto Cotrijal começa nesta segunda-feira
4
Decisão do Ibama divide opiniões sobre uso de inseticida letal a abelhas
5
Despejo de chorume rende multa a empresa ambiental
6
Exportação de gengibre cresce 114% em janeiro no Espírito Santo
7
Fábrica de fertilizantes de MG deve ser inaugurada dia 13
8
Pavilhão da Agricultura Familiar promete ser um dos destaques da 24ª Expodireto Cotrijal
9
RS terá uma rápida prévia do outono
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.