Preços na pecuária ainda estão aquém do esperado para a temporada gaúcha

O excesso de chuva prejudica lavouras de azevém e aveia, o que pode causar redução da oferta no mercado e elevar os preços

O mercado pecuário no Rio Grande do Sul ainda está com preços abaixo do que deveriam estar. A avaliação é do leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva. Às portas da temporada de outono, onde se destacam as vendas de terneiros, ainda não chegaram a um patamar de preços esperados na expectativa do especialista.

A expectativa, segundo Silva, era estar vendendo boi hoje na faixa de R$ 12,00 a R$ 12,50.

“E nem perto disso. Eu acredito que, pelas informações que a gente tem, está aumentando o consumo da carne. E com a quantidade excessiva de chuva, algumas lavouras não vão se aprontar de azevém e aveia. Então, isso pode causar uma redução da oferta no mercado e, naturalmente, diminui oferta, sobe o preço”, observa o leiloeiro.Sobre os terneiros, especificamente, o diretor da Trajano Silva Remates salienta que até agora não houve nenhuma feira expressiva, mas que o terneiro deveria estar valendo hoje, tranquilamente, R$ 12,00, sendo que o ano passado alguns lotes atingiram até R$ 13,00. “E o que está se conseguindo hoje no terneiro é cerca de R$ 10,00 o que é muito longe da realidade e da produtividade”, completa.




TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Texto publicado originalmente em

Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!
Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.