Crise no Mar Vermelho pode impactar exportações brasileiras de carnes e açúcar

Ataques dos rebeldes houthis a embarcações na região força mudança nas rotas marítimas globais, exercendo pressão sobre as taxas de frete dos navios
Imagem do autor
- Especial para Rural News
Publicado em 25/01/2024

A crise no Oriente Médio, em particular os ataques dos rebeldes houthis do Iêmen a embarcações no Mar Vermelho, está afetando as rotas marítimas globais, exercendo pressão sobre as taxas de frete dos navios, provocando atrasos e escassez de contêineres.

O cenário pode eventualmente afetar as exportações brasileiras do agronegócio para a região, com o principal impacto podendo ser sentido a partir de fevereiro, alerta Larry Carvalho, advogado especializado em logística, direito marítimo e agronegócio.

"Os maiores riscos são para nossas exportações de proteína animal, já que o Brasil é grande fornecedor de carne, em especial de frango, para a região, e também para o fluxo comercial de açúcar em contêineres", alerta.

O especialista explica que os ataques tiveram impacto direto no acesso ao Canal de Suez [Egito], ligação mais curta entre o Oriente Médio e a Europa, fazendo com que as companhias marítimas desviassem as embarcações, com destino ao velho continente e aos Estados Unidos para uma rota alternativa por meio da África Austral – mais longa e mais cara - ao exigir o contorno do Cabo da Boa Esperança.

“Os fretes de contêineres já estão mais caros, afetando todos os tipos de importados vindo da China. A situação pode piorar nas próximas duas, três semanas a depender de como ficar a questão operacional e o congestionamento dos portos da Europa, visto que 20% a 30% das cargas com destino ao Brasil provenientes da Ásia passam por esta rota."

Sobre o autor

Ronaldo Luiz é jornalista, com mais de 20 de trajetória no agronegócio. É editor dos Portais Uagro/DATAGRO, repórter especial da revista Plant Project, do site CenárioAgro e apresentador do talk show digital AgroPapo. É ainda colunista no Jornal Mato Grosso no Ar, distribuído para mais de 60 rádios de Mato Grosso, bem como do Portal RuralNews. Administra o grupo SouAgro no LinkedIn, que conta mais de 60 mil participantes. É proprietário da agência ComResultado - www.comresultado.com.br.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Mais lidas
1
Escassez de frutas elevam preços do melão mais uma vez
2
Clima impulsiona aumento de oferta da alfece em SP
3
Público surpreende na Abertura Oficial da Colheita de Arroz e Grãos
4
Governo federal pretende mecanizar a agricultura familiar
5
Dados climáticos são fundamentais para a rentabilidade das culturas
6
Exportações de 873 mil doses foram destaque do mercado de sêmen em 2023
7
Rio Grande do Sul poderá ter temporais de hoje até quinta-feira
8
Preço do milho varia pouco no BR, mas cai com força no mercado externo
9
Demanda do ovo cai, mas a oferta controlada sustenta cotações
10
Com maior interesse comprador, soja tem peço mais firme na semana
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.