CBOT tem mais um dia de baixas para grão do Brasil

Soja e milho sofreram desvalorização para contratos futuros

Publicado em 07/03/2024

Esta quarta-feira (6) foi um dia de aparente tranquilidade para os mercados de grãos, na CBOT, com oscilações próximas da estabilidade. Os grãos mais negociados pelo Brasil continuaram sofrendo desvalorização - o que é apontado por analistas e consultores como resultado do excesso de oferta, principalmente de soja.

O grão fechou o dia com baixa de 0,06%, perda de 0,50 cents/bushel, a US$ 11,4025 em contratos de março. Para maio, o valor do bushel ficou em US$ 11,4825, com variação de -0.07, com perda de 0,75 cents/bushel.
Milho teve perdas para contratos de maio a setembro
Milho teve perdas para contratos de maio a setembro

O milho caiu 0,03% e terminou o dia com preço da saca em 62,75.

Na B3, os contratos futuros subiram 0,43% para maio, a R$ 58,40; contratos para julho perderam 0,24% e os de setembro, -0,24%, com preços da saca a R$ 57,44 e R$ 58,80, respectivamente.


TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.