Cheias atingem 406 dos 497 municípios gaúchos

As chuvas provocaram 149 mortes e deixaram 108 pessoas desaparecidas, segundo a Defesa Civil estadual
Gustavo Paes

Publicado em 15/05/2024

As chuvas intensas que atingiram o Rio Grande do Sul desde o início do mês causaram cheias de rios em diversas regiões e provocaram mais de uma centena de mortos. Conforme o último boletim da Defesa Civil estadual, divulgado às 9h desta quarta-feira (15), as precipitações mataram 149 pessoas. O número é o mesmo da última atualização, feita às 18h da última terça-feira. Os efeitos da chuva causaram ferimentos a 806 pessoas. Há ainda 108 desaparecidos.



As enchentes atingiram 406 dos 497 municípios do Estado, segundo a Defesa Civil. Há 76.580 pessoas em abrigos e 538.245 desalojados. Em todo o Estado são 2.124.553 pessoas afetadas pelas chuvas catastróficas.

Os resgates dos ilhados continuam, beneficiados pela volta do sol. Apesar do frio rigoroso, os resgatistas salvaram das águas 76.588 pessoas e 11.427 animais. As equipes usam uma frota de 340 embarcações e 4.405 viaturas. O efetivo empregado nas operações de salvamento está em 27.651 agentes.

Os alagamentos afetaram as empresas de telefonia e energia elétrica.

Na área da CEEE Equatorial havia 126.839 pontos sem energia elétrica (6.9% do total de clientes), enquanto a RGE Sul confirmava 127.000 pontos sem luz (4,1% do total de clientes). A Corsan divulgou que 136.382 clientes estavam sem abastecimento de água (5% do total de clientes). A Tim confirmou que o serviço estava normalizado, mas a Vivo admitiu que seis municípios não tinham serviços de telefonia e internet. Na Claro, dois municípios estavam sem serviços de telefonia e internet.

As enchentes afetaram 1.064 escolas em 249 municípios, o que impactou 377.442 estudantes, de acordo com o boletim da Defesa Civil do Estado. Há 542 escolas danificadas com 221.955 estudantes matriculados e 113 escolas servindo de abrigo.

As chuvas ainda provocam danos e alterações no tráfego nas rodovias estaduais gaúchas. Atualmente, são 93 trechos com bloqueios totais e parciais em 49 rodovias, entre estradas, pontes e balsas. A Fraport Brasil, que administra o Aeroporto Internacional Salgado Filho, informa que as operações no terminal seguem suspensas por tempo indeterminado.






Sobre o autor Gustavo Paes

O repórter Gustavo Paes é correspondente do portal RuralNews em Porto Alegre e produz diariamente conteúdo.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!
Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nossos termos de privacidade e consentimento da nossa Política de Privacidade.