Pressão no mercado do boi existe, mas resistência é forte

Segundo o Cepea, o indicador caiu 8% ou R$ 20,00, desde o encerramento de dezembro de 2023, quando o valor era de R$ 252,30 por arroba
Imagem do autor
- Especial para Rural News
Publicado em 28/03/2024

O mercado do boi gordo seguiu bastante linear na semana que já tinha a expectativa de redução no volume de negócios. Se considerarmos os últimos dez dias de operação no mercado físico, dá para dizer que tivemos todas as situações, com propostas abaixo e acima do valor de referência. A característica do período garante estabilidade nas cotações.

Considerando o período citado, dez dias, vimos em um primeiro momento estabilidade nos negócios, seguido de pressão negativa, com propostas abaixo do valore referência entre a semana passado até a última segunda-feira (25/3). Após este momento, um retorno de preços e até valores acima da referência em alguns casos. O cenário foi possível graças a escala de dez dias, em média, da indústria frigorífica brasileira, mas, do lado do produtor rural, uma gestão com mais “parcimônia” do pecuarista em relação aos animais vendidos. Enfim, a resistência é forte na arroba no boi.

De acordo com o Cepea, o indicador recuou 8% ou R$ 20,00, desde o encerramento do mês de dezembro de 2023, quando o valor era de R$ 252,30 por arroba. Os pesquisadores da instituição, trouxeram um dado importante, concordando com os artigos publicados neste ano no Portal Rural News, no qual explicam que o lento ritmo de vendas de carne bovina no mercado doméstico, escalas alongadas dos frigoríficos e a aproximação dos meses mais frios – com redução de pastagens, influenciam as baixas nas cotações.

A cotação da arroba do boi gordo vai encerrando com R$ 225,00 em São Paulo; a R$ 215,00 em Mato Grosso do Sul; em R$ 208,00 em Minas Gerais; no estado de Mato Grosso a R$ 209,00 e Goiás em R$ 210,00. Ambos os estados com preços a prazo.


Sobre o autor

Fabiano Reis é jornalista econômico, especialista em Marketing rural e mestre em Produção e Gestão Agroindustrial. Editor de economia e agricultura do Canal do Boi, onde apresenta o programa AgriculturaBR. É colunista econômico em diversos veículos de imprensa. Professor universitário nos cursos de Administração e Comunicação Social. Palestrante nas áreas de comunicação e agronegócio; Apresentador de eventos e feiras. Publicou os livros Reflexos sobre o nada nos mares do Pantanal, Life Editora, 2011 (livro poesias); A interação da pecuária brasileira, Nelore MS, 2012; Nelore: mostra a força de uma raça, Nelore MS, 2010; O perfil do comércio varejista de carne bovina de Campo Grande-MS, dissertação de mestrado, UNIDERP, 2005; Redação e revisão do livro Organização e Valor para Comércio Varejista de Carne, SEBRAE, 2004.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Mais lidas
1
Máquina utiliza Inteligência Artificial para fazer seleção de grãos
2
Aurora Coop inaugura indústria de processamento de carne de R$ 587 milhões
3
Safra de grãos será 25 milhões de toneladas a menos que anterior
4
Cercas e arames com alta tecnologia são destaque da Belgo na Tecnoshow
5
Artesanato local também teve o seu espaço na Tecnoshow
6
Mato Grosso do Sul terá a maior unidade de bovinos da América Latina
7
Aumento de casos de anomalia da soja preocupa no Sul
8
Maior feira da América Latina, Agrishow ainda fica devendo em infraestrutura
9
Tecnoshow Comigo movimentou R$ 9,340 bilhões em negócios
10
Corteva apresenta na Tecnoshow solução biológica fixadora de nitrogênio
11
Soja tem valor bruto de produção reduzido em um quinto
12
Oferta segue elevada mas demanda firme estabiliza as cotações da tilápia
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.