Mapa cria programa de recuperação de áreas degradadas

Plano prevê recuperação de 40 milhões de hectares em 10 anos

Publicado em 18/03/2024

O Ministério da Agricultura lançou o Programa Nacional de Conversão de Pastagens Degradadas em Sistemas de Produção Agropecuários e Florestais Sustentáveis, por meio de um decreto publicado no Diário Oficial da União do dia 16 de março. A intenção é contribuir com a segurança alimentar e nutricional do planeta e o enfrentamento às mudanças climáticas.

O programa prevê a recuperação e conversão de até 40 milhões de hectares de pastagens de baixa produtividade em áreas agricultáveis, podendo praticamente dobrar a área de produção de alimentos no Brasil sem desmatamento, evitando a expansão sobre áreas de vegetação nativa, no prazo de 10 anos.
Áreas deverão ser recuperadas para a produção de alimentos, diz o Mapa. Foto: WWF
Áreas deverão ser recuperadas para a produção de alimentos, diz o Mapa. Foto: WWF

“O trabalho tem uma metodologia já estabelecida, com vários setores da agropecuária brasileira para que possamos fazer um grande programa norteando o futuro da nossa agropecuária”, disse Fávaro. “É fato que o Brasil assume cada vez mais compromissos com a sustentabilidade, compromisso com uma produção que respeita o meio ambiente”, disse o ministro Carlos Fávaro, chefe da pasta..

Fávaro citou que o programa é um plano do Governo Federal para a diminuição do desmatamento.

Para o funcionamento do programa foram criados o Comitê Gestor Interministerial e grupos de trabalho Financeiro e de Investimentos, Tecnologia e Conhecimento e Comunicação.



TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.