INÍCIO AGRICULTURA Soja

Vendas pressionam as cotações de soja em Chicago

Depois de dois pregões consecutivos de alta, com ganhos de quase 3%, investidores acabam realizando vendas e pressionando as cotações
Camilo Motter
- Exclusivo Rural News
Publicado em 21/05/2024

Na manhã desta terça-feira, os contatos negociados com soja em Chicago operam com queda 6 cents, a U$ 12,41/julho. Na segunda, houve ganhos entre 15 e 20 cents nos principais vencimentos.

Depois de dois pregões consecutivos de alta, com ganhos de quase 3%, investidores acabam realizando vendas e pressionando as cotações. O bom ritmo do plantio da safra norte-americana na última semana também entra nesta conta.
O plantio de soja nos EUA é apontado pelo USDA em 52%, contra 49% esperado pelo mercado. Foto Jaelson Lucas / AEN
O plantio de soja nos EUA é apontado pelo USDA em 52%, contra 49% esperado pelo mercado. Foto Jaelson Lucas / AEN

Os ganhos recentes foram atribuídos à forte alta do trigo que, desde o início de abril, apresenta ganhos da ordem de 20%; no pregão de segunda, a alta foi de quase 6%. Soma-se a isto, às perdas adicionais na safra brasileira e argentina.

O plantio de soja nos EUA é apontado pelo USDA em 52%, contra 49% esperado pelo mercado, 35% da semana anterior, 61% do ano passado e média de 49%. Ainda, segundo o USDA, 26% das áreas estão emergidas, contra 16% da semana passada, 31% do ano passado e média de 21% para o período.

Segundo a Conab, a colheita de soja em nível de Brasil atinge 97%, contra 98,5% do ano anterior. Prêmios nos portos, no mercado spot (junho e julho), giram na faixa entre 25/55 positivos. Indicações de compra no oeste do Paraná entre R$ 130/132 e em Paranaguá na faixa de R$ 139/141 – dependendo do prazo de pagamento e, no interior, também do local e do período de embarque.


Sobre o autor Camilo Motter

Possui graduação em Jornalismo pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos(1981), graduação em Economia pela Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Cascavel(1985), especialização em Teoria Econômica pela Universidade Federal do Paraná(1989) e mestrado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina(2001). Tem experiência na área de Economia. Atuando principalmente nos seguintes temas:Maximização da Renda, Informação, Comercialização. É diretor da Corretora Granoeste, de Cascavel/PR.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!
Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!
Ao continuar com o cadastro, você concorda com nossos termos de privacidade e consentimento da nossa Política de Privacidade.
Arquivo XML geradoArquivo XML geradoArquivo XML geradoArquivo XML geradoArquivo XML geradoArquivo XML geradoArquivo XML gerado