INÍCIO AGRICULTURA Safra

Cenário de recuperação para a produção de arroz, estima Conab

Produção é estimada em 10,57 milhões de toneladas, volume 5,3% acima da safra antreior

A safra 2023/24 de arroz está estimada em 10,57 milhões de toneladas, volume 5,3% acima da obtida no ciclo anterior. É o que aponta a sétima previsão de safra da Conab para a safra, divulgado na manhã desta quinta-feira, dia 11. E a área de plantio é de 1,5 milhão de hectares, 4,4% superior à da safra anterior.

O algodão também registra crescimento, passando de 1,7 milhão de hectares para 1,9 milhão, “justificado principalmente pelas boas perspectivas de mercado”, destaca a Conab. As condições climáticas continuam favorecendo as lavouras e a previsão é que sejam colhidas cerca de 3,6 milhões de toneladas de pluma, alta de 13,4%. Para o trigo, a estimativa atual indica uma produção de 9,73 milhões de toneladas. E no caso do feijão, que possui três ciclos de cultivo dentro da temporada, a expectativa é que a segunda safra tenha um acréscimo de 18,4% na produção, com uma colheita estimada em 1,5 milhão de toneladas. O bom desempenho contribui para o abastecimento interno de um importante produto consumido pelos brasileiros, uma vez que a atual estimativa para a leguminosa é de uma produção total de 3,2 milhões de toneladas.

Mercado

Já a Conab ajustou as estimativas de exportação para o milho na safra 2023/24, uma vez que a produção total do cereal foi reduzida. Com isso, a nova expectativa é de um volume de 31 milhões de toneladas embarcadas, volume 43,3% inferior ao obtido no ciclo passado. Já o consumo interno está projetado em torno de 84 milhões de toneladas do grão. No caso do feijão, o aumento na produção possibilita um incremento no estoque de passagem da leguminosa. Já para o arroz as projeções no quadro de suprimentos permaneceram praticamente estáveis, com a Companhia estimando uma expansão do consumo nacional para 10,5 milhões de toneladas.
A área de plantio será de 1,5 milhão de hectares, 4,4% superior a 2022/2023 (Foto: CNA)
A área de plantio será de 1,5 milhão de hectares, 4,4% superior a 2022/2023 (Foto: CNA)
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!
Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nossos termos de privacidade e consentimento da nossa Política de Privacidade.