Umidade do solo aumenta com chuvas no interior do Brasil

Dados das estações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) mostram que choveu em várias Estados importantes na do dia dia 26 de dezembro, contibuindo para o aumento da umidade do solo nessas regiòes produ
Imagem do autor

Publicado em 27/12/2023

Mal o verão começou e a atmosfera típica da estação já contribui para a formação de nuvens e a ocorrência de chuva, principalmente no Brasil Central e em áreas produtoras do interior do país.Dados das estações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) mostram que choveu em várias destas regiões produtoras importantes entre 10h do dia 25/12 e 10h da manhã do dia 26 de dezembro. A tendência é que a precipitação colabore para aumentar a umidade do solo nas áreas onde a nova safra de Verão 23/24 está em desenvolvimento no campo.Em Porto Velho (RO), deve chover 50mm; Vilhena (RO), 39,8 mm; Juti (MS), 29,2mm; Novo Mundo (MT), 31mm; Laranjeiras do Sul (PR), 35mm; e Cidade Gaúcha (PR), 37,2mm.

A terça-feira (26/12), foi de tempo firme em boa parte dos estados do Sul, chovendo pontualmente no extremo norte do Paraná, sem alertas. No Sudeste, o deslocamento da frente fria, vai colaborar para aumentar a umidade na Região. Pode chover forte no leste de São Paulo, Rio De Janeiro, sul de Minas Gerais e Zona da Mata mineira, além do sul do Espírito Santo.
A tendência é que a precipitação colabore para aumentar a umidade do solo no Brasil
A tendência é que a precipitação colabore para aumentar a umidade do solo no Brasil

Para o Centro-Oeste, a condição será de sol e bastante variação de nuvens durante a terça-feira em quase toda a Região. A passagem da frente fria pela Região Sudeste irá contribuir para canalizar umidade para o Centro-oeste do Brasil. Assim, o calor e a alta umidade favorecem a ocorrência de pancadas de chuva a partir da tarde na maioria das áreas, principalmente no Pantanal. Tempo firme no sul do Mato Grosso do Sul e nordeste de Goiás.

Para o Nordeste, o sol aparece e não chove em quase toda a Bahia, sul do Piauí e extremo sul do Maranhão. Entre o Recôncavo Baiano e o norte do Rio Grande do Norte e entre o litoral do Piauí e do Maranhão, chove de forma passageira. Entre Recife e Natal, a chuva vem a qualquer hora do dia e pode ser moderada a forte. Nas outras áreas, sol com aumento de nuvens ao longo da tarde e pancadas de chuva com trovoadas.

No Norte do Brasil, o tempo ainda muito instável no oeste da região, entre o Acre, oeste do Amazonas e sul de Roraima devido à alta umidade e forte aquecimento. No norte e leste do Amapá, muitas nuvens e chuva a qualquer hora. Tempo firme no leste do Tocantins. Nas demais áreas, chove a partir da tarde na forma de pancadas.
A tendência é que a precipitação colabore para aumentar a umidade do solo no Brasil

Observe no mapa o acumulado de chuva previsto para a semana de 27 a 31 de dezembro

TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Mais lidas
1
Escassez de frutas elevam preços do melão mais uma vez
2
Clima impulsiona aumento de oferta da alfece em SP
3
Público surpreende na Abertura Oficial da Colheita de Arroz e Grãos
4
Governo federal pretende mecanizar a agricultura familiar
5
Dados climáticos são fundamentais para a rentabilidade das culturas
6
Exportações de 873 mil doses foram destaque do mercado de sêmen em 2023
7
Rio Grande do Sul poderá ter temporais de hoje até quinta-feira
8
Preço do milho varia pouco no BR, mas cai com força no mercado externo
9
Demanda do ovo cai, mas a oferta controlada sustenta cotações
10
Com maior interesse comprador, soja tem peço mais firme na semana
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.