Tempo muda em SP e no sudeste nesta terça-feira

Capital paulista, partes do Paraná e do Rio podem ter temporais
Imagem do autor

Publicado em 04/03/2024

O tempo deve mudar, nos próximos dias, em várias regiões devido ao avanço de uma frente fria em direção à costa da região Sudeste e ampliar as chances de temporais no leste e sul do Estado de São Paulo. Partes do Paraná e do Rio de Janeiro devem ser atingidas.Nesta segunda, a capital paulista ainda tem dia ensolarado, com temperatura em elevação. Podem ocorrer pancadas de chuva no final do dia.Na terça (5), o calor chegará perto dos 32 °C em São Paulo (SP). No litoral, as máximas serão de 31 °C - mas a condição de chuva é alta para o decorrer da manhã, com os temporais ganhando força à tarde.Há alerta para temporais e o potencial de transtornos aumenta com fortes pancadas de chuva e ventania com rajadas em torno de 71 a 90 km/h.Na quarta-feira (6), o tempo vai seguir instável, com breves aberturas de sol, aumento de nuvem e condição ainda para pancadas fortes e temporais localizados; mas devido à entrada do ar frio - após a passagem da frente fria e ao tempo mais encoberto - as temperaturas já ficam mais amenas, em torno de 26 °C.Na quinta e na sexta-feira (8) o tempo será de sol pela manhã, com condições de pancadas à tarde sobre a Grande Sáo Paulo. A previsão indica cerca de 85mm entre esta terça e o sábado (9).A tendência é de madrugadas mais frescas nos próximos dias, com temperaturas voltando a subir na capital entre a sexta-feira e o sábado.

Litoral


Fenômeno também deve amenizar o calorão nos próximos dias
Fenômeno também deve amenizar o calorão nos próximos dias

A frente fria passa mais pela costa do estado, influenciando principalmente o leste e sul do estado de São Paulo. No litoral, a condição de temporal também é alta, aumentando o risco de transtornos.Nas cidades do litoral sul, haverá acumulados em torno de 108mm até o sábado (09); com o período de chuva mais forte entre esta terça-feira e a quarta. No litoral norte paulista, os acumulados podem chegar a 130mm no mesmo período - com alerta até o final de semana.

Interior



O interior paulista vai sentir pouca influência desta frente fria porque o sistema não irá provocar queda nas temperaturas - apenas ajuda aliviar o calor intenso. Municípios do norte e oeste do estado tiveram máximas acima de 35 °C neste último final de semana.A expectativa é de mais umidade, que provoca nuvens mais carregadas para as cidades do interior na quarta e quinta-feira, mas o tempo não irá ficar completamente fechado, ainda com aberturas de sol e com calor previsto de 29/33 °C em muitos municípios.

Sul



Em boa parte do território paranaense, como na capital Curitiba, em Guarapuava, Foz do Iguaçu ou Ivaí, desde o período da manhã já deve haver muita nebulosidade e chance de chuva a qualquer hora. Serão temporais com alto volume acumulado, ventania e descargas elétricas. No litoral, na região de Paranaguá, por exemplo, o alerta é de PERIGO devido às rajadas de vento que podem ultrapassar a casa dos 85km/h.No leste catarinense a previsão é de céu encoberto e fortes pancadas de chuva até à noite. Em função do deslocamento da frente fria, que é associada a um ciclone com atuação em alto mar, há risco de ressaca marítima em alguns pontos do litoral de SC.

Centro-Oeste


Uma área de baixa pressão sobre o Paraguai deve ajudar a formação de nuvens carregadas sobre Mato Grosso do Sul neste domingo, 3 de março. Em quase todo o estado, exceção apenas para o extremo leste que faz divisa com São Paulo, há possibilidade de chuva isolada a partir do período da tarde. A região metropolitana de Campo Grande de ter pancadas fortes com rajadas de vento e trovoadas. Já no leste de Mato Grosso e Goiás, a chuva pode começar pela manhã e se prolongar até o período da noite intercalando momentos de melhora.Em Sinop (MT), Rio Verde (GO) e no Distrito Federal o alerta é de temporais, onde o volume da chuva deve ser maior e a ventania mais intensa.

O alto volume de chuva pode ocasionar pontos de alagamentos e enchentes. As fortes rajadas de vento também podem ocasionar danos, como queda de galhos e árvores.

A nebulosidade aumenta entre o nordeste do MT, norte de GO e DF, onde a chuva ocorre a qualquer momento do dia na segunda-feira (4). Em todas as demais áreas, o sol predomina entre poucas nuvens e são esperadas pancadas de chuva com trovoadas no fim do dia.
Com o solo já saturado, na terça-feira (5), os temporais em Brasília, no oeste de Mato Grosso e no território sul-mato-grossense podem manter o alerta para danos.



Março



Março será um mês predominantemente quente e abafado no Brasil. São esperadas 3 a 4 frentes frias passando pela costa do Sul e do Sudeste durante o mês de março, mas devem ser quase todas oceânicas. Isto significa que o ar frio de origem polar, que vem naturalmente com as frentes frias, não vai conseguir avançar pelo interior do Brasil para provocar queda de temperatura relevante.A chance de entrar algum ar frio de origem polar pelo interior da Região Sul e em parte do Sudeste será no fim do mês, trazendo um ar de outono, com noites ligeiramente frias.Não se pode descartar também a possibilidade de ondas de calor em áreas do Sul (principalmente no oeste do Paraná, em Mato Grosso do Sul e no oeste de São Paulo.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Texto publicado originalmente em

Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.