Muita umidade e temporais pelo Brasil nesta terça-feira

As áreas de instabilidade da Zona de Convergência Intertropical aumentam a chuva em áreas do Norte e do Nordeste.
Imagem do autor

Publicado em 20/02/2024

Uma grande massa de ar quente e úmido permanece sobre o Brasil e mantém as condições muito favorável para a formação das nuvens do tipo cumulonimbus, que são nuvens que provocam fortes pancadas de chuva, raios, eventualmente granizo e ventania. Estas nuvens estão se formando sobre praticamente todo o Brasil. Algumas nuvens cumulonimbus podem provocar rajadas de vento em torno de 100 km/h.



A combinação de ar quente e úmido com a tendência de circulação ciclônica em vários níveis da atmosfera, geram nuvens carregadas sobre o Sul do Brasil.

Tempestade tropical Akará segue na costa da Região Sul

A tempestade tropical Akará nasceu na noite do domingo, 18 de fevereiro de 2024, a partir da intensificação de uma depressão tropical que já estava em alto-mar, na altura da costa de São Paulo. Na tarde e noite de 19/2/24, a tempestade tropical Akará se mantinha em alto-mar, na costa da Região Sul.

Pelo menos até a manhã desta terça-feira, 20 de fevereiro de 2024, a Marinha do Brasil prevê que a tempestade tropical Akará continue em alto-mar, movendo-se para sudoeste, mas se mantendo sempre em alto-mar, na costa do Rio Grande do Sul, sem se aproximar efetivamente do continente.


A tempestade tropical Akará não tem influência direta na chuva e nem em ventos fortes que possivelmente ocorram no continente. Os temporais são das nuvens cumulonimbus que crescem fartamente sobre o país por causa da grande disponibilidade de ar quente e úmido. Mas, a tempestade tropical causa vento forte sobre o oceano e isso deixa o mar agitado na costa do Sul e do Sudeste e os navegantes precisam ficar atentos aos avisos da Marinha


Mais detalhes na nesta matéria no site da Climatempo

Previsão do tempo para o Brasil para 20/02/2024 -terça-feira

Região Sul

O ar úmido que está sobre o Sul do Brasil e a circulação de ventos ciclônica em níveis médios e elevados da atmosfera geram a formação de nuvens carregadas sobre os três estados da Região.

O sol predomina o dia todo na Grande Porto Alegre, no oeste/sudoeste, centro, sul e leste do Rio Grande do Sul.


O litoral sul de Santa Catarina tem dia de sol e pancadas de chuva, mas que não vão causar transtornos.



No norte do Rio Grande do Sul, nas demais áreas de Santa Catarina e no Paraná, o sol vai aparecer no decorrer do dia sempre junto de algumas nuvens. As pancadas de chuva com raios estão previstas para a tarde e noite, e podem ser fortes. Há risco de temporal na Grande Curitiba.







Região Sudeste



Nuvens carregadas continuam crescendo sobre todo o Sudeste do Brasil por causa do ar quente e úmido que está sobre a Região e da circulação ciclônica de ventos, em vários níveis da atmosfera, que também predomina sobre a Região. A circulação ciclônica, isto é, no sentido horário, ajuda a concentrar o ar úmido e facilita a formação das nuvens carregadas.



Esta terça-feira é com alerta para temporais em praticamente todo o Sudeste do Brasil, incluindo as capitais São Paulo e Belo Horizonte. Mas no Rio De Janeiro e em Vitória também pode chover forte.

No leste de São Paulo, no estado do Rio de Janeiro, no sul de Minas Gerais, na Zona da Mata Mineira, no Vale do Rio Doce (MG), no Espírito Santo esta terça-feira será com muitas nuvens, várias pancadas de chuva com raios, que podem ser moderadas a fortes e ocorrem a qualquer hora. O sol pode aparecer um pouco, mas sempre entre muitas nuvens.

Pelo interior de São Paulo, no centro, oeste e norte de Minas Gerais, o sol aparece de manhã, sempre junto de nuvens, e as pancadas de chuva com raios ocorrem à tarde e à noite e podem ser fortes



Atenção para o mar agitado.

Região Centro-Oeste

A grande massa de ar quente e úmido que está sobre o Brasil mantém as condições para a formação de nuvens carregadas sobre todo o Centro-Oeste.

Apenas uma pequena área do Pantanal, onde está a região de Corumbá deve ficar sem chuva nesta terça-feira. Em Campo Grande e nas demais áreas de Mato Grosso do Sul, o sol aparece forte, a nebulosidade aumenta com o calor e as pancadas de chuva com raios ocorrem à tarde e à noite.



Em Goiás, no Distrito Federal e em Mato Grosso, esta terça-feira será com muitas nuvens, períodos com sol e pancadas de chuva com raios, que podem ocorrer a qualquer hora. Há risco de temporal.

Região Nordeste



O ar quente e úmido que predomina sobre o Nordeste e a circulação de ventos sobre a Região formam nuvens de chuva em todos os estados do Nordeste. A Zona de Convergência Intertropical aumenta a condições de instabilidade na costa norte da Região

O tempo permanece bastante instável sobre o Nordeste nesta terça-feira, com alerta para temporais na Bahia, no Maranhão, no Piauí, no Ceará e no sertão de Pernambuco.

No interior e litoral norte do Rio Grande do Norte e da Paraíba, no centro e leste de Pernambuco, em Alagoas e em Sergipe, as pancadas de chuva também serão frequentes e podem ser moderadas a fortes, exceto no litoral de Pernambuco e de Alagoas.

Muita umidade no Brasil: tons de azul, branco e verde indicam áreas com umidade e o amarelo indica áreas com ar seco

TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Texto publicado originalmente em

Destaques
Mais lidas
1
Máquina utiliza Inteligência Artificial para fazer seleção de grãos
2
Aurora Coop inaugura indústria de processamento de carne de R$ 587 milhões
3
Safra de grãos será 25 milhões de toneladas a menos que anterior
4
Cercas e arames com alta tecnologia são destaque da Belgo na Tecnoshow
5
Artesanato local também teve o seu espaço na Tecnoshow
6
Mato Grosso do Sul terá a maior unidade de bovinos da América Latina
7
Aumento de casos de anomalia da soja preocupa no Sul
8
Maior feira da América Latina, Agrishow ainda fica devendo em infraestrutura
9
Tecnoshow Comigo movimentou R$ 9,340 bilhões em negócios
10
Corteva apresenta na Tecnoshow solução biológica fixadora de nitrogênio
11
Soja tem valor bruto de produção reduzido em um quinto
12
Oferta segue elevada mas demanda firme estabiliza as cotações da tilápia
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.