Calor, umidade alta e chuva forte sobre o Brasil

A Zona de Convergência do Atlântico Sul se dissipou, mas nuvens carregadas crescem sobre quase todo o Brasil por causa do calor e da grande disponibilidade de umidade do ar
Imagem do autor

Publicado em 09/01/2024

Uma frente fria se afasta em alto-mar, na costa de Santa Catarina. A circulação de ventos de um Vórtice Ciclônico em Altos Níveis (VCAN) atua no interior do leste do Nordeste diminuindo a nebulosidade e as condições de chuva. Áreas de instabilidade da Zona de Convergência Intertropical aumentam a chuva no Amapá.

Previsão do tempo para o Brasil para 09/01/2024 - terça-feiraRegião Sul

O ar quente e úmido predomina sobre a Região Sul e nuvens carregadas crescem em grande parte da Região. Uma frente fria se afasta em alto-mar, na costa de Santa Catarina.

Quase toda a Região Sul tem um dia com sol, calor e pancadas de chuva com raios à tarde e à noite. Tem risco de chuva forte em todos os estados, incluindo as capitais Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre.

Só não deve chover no litoral sul do Rio Grande do Sul.
Região SudesteA Zona de Convergência do Atlântico Sul se dissipou. Nuvens carregadas crescem sobre o Sudeste do Brasil por causa do calor e da grande disponibilidade de umidade do ar.

Terça-feira abafada, quente e úmida no Sudeste do Brasil.O sol aparece forte por várias horas na maioria das áreas da Região. A nebulosidade aumenta junto com o calor e as pancadas de chuva com raios ocorrem à tarde e à noite em praticamente toda a Região. Há risco de chuva forte no interior de todos os estados e nas capitais São Paulo e Belo Horizonte.

O noroeste de Minas Gerais tem chuva a qualquer hora. Todo o litoral do Sudeste tem sol, calor e chuva passageira.
Região Centro-Oeste

A Zona de Convergência do Atlântico Sul se dissipou, mas nuvens carregadas continuam crescendo sobre o Centro-Oeste por causa do calor e da umidade do ar elevada.

O sul de Goiás, as áreas ao sul e oeste de Mato Grosso e o centro, centro, norte e o leste de Mato Grosso do Sul, incluindo a região de Cuiabá e de Campo Grande, terão sol na maior parte do dia e as pancadas de chuva à tarde ou à noite e de forma isolada.
Nas demais áreas de Goiás e de Mato Grosso e no Distrito Federal o dia é com muitas nuvens, pancadas de chuva a qualquer hora e períodos com sol.

O calor será intenso no oeste e sul de Mato Grosso do Sul. Não chove nestas regiões e algumas áreas na fronteira com o Paraguai poderão registrar temperaturas próximas dos 40°C.Região Nordeste

Um Vórtice Ciclônico em Altos Níveis (VCAN) atua no interior do Nordeste e diminui a nebulosidade. Áreas de instabilidade crescem no mar, perto do litoral de Alagoas e de Sergipe e aumentam as condições para chuva.

Todos os estados do Nordeste têm períodos com sol forte no decorrer do dia. Pancadas de chuva moderadas podem ocorrer em Sergipe, Alagoas, no Agreste, Zona da Mata e litoral de Pernambuco e da Paraíba e no leste do Rio Grande do Norte.

Em Salvador e no Recôncavo, no litoral norte e no oeste da Bahia, no centro-sul do Maranhão e do Piauí, há condições para pancadas de chuva com raios, principalmente à tarde e à noite.

Também pode chover um pouco no litoral e norte do Ceará, em Teresina e no norte do Piauí, no litoral e centro-norte do Maranhão.

Região NorteÁreas de instabilidade da Zona de Convergência Intertropical aumentam a chuva no Amapá. O ar quente e úmido que está espalhado sobre o Norte do Brasil forma nuvens carregadas sobre todo Norte do Brasil.

Só não tem previsão de chuva para uma pequena área na fronteira de Roraima com a Venezuela.

No Acre, Rondônia, no centro-sul e leste do Amazonas, no centro, oeste e sul do Pará, no oeste e sul do Tocantins, a chuva ocorre a qualquer hora e pode ser forte, mas o sol aparece um pouco.

Nas demais áreas da Região Norte, o sol aparece na maior parte do dia e as pancadas de chuva com raios ocorrem, principalmente à tarde e à noite, podendo ser moderadas a fortes.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Texto publicado originalmente em

Destaques
Mais lidas
1
Escassez de frutas elevam preços do melão mais uma vez
2
Clima impulsiona aumento de oferta da alfece em SP
3
Público surpreende na Abertura Oficial da Colheita de Arroz e Grãos
4
Governo federal pretende mecanizar a agricultura familiar
5
Dados climáticos são fundamentais para a rentabilidade das culturas
6
Exportações de 873 mil doses foram destaque do mercado de sêmen em 2023
7
Rio Grande do Sul poderá ter temporais de hoje até quinta-feira
8
Preço do milho varia pouco no BR, mas cai com força no mercado externo
9
Demanda do ovo cai, mas a oferta controlada sustenta cotações
10
Com maior interesse comprador, soja tem peço mais firme na semana
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.