Alerta de chuva volumosa a extrema no RS e em SC

Precipitações podem atingir em poucos dias 100% a 200% da média histórica de chuva de abril todo

Novos dados, que ingressaram no começo desta quinta-feira (11/4), reforçaram o alto risco de chuva volumosa a excessiva no Sul do Brasil durante os próximos dias. Os acumulados de precipitação tendem a ser muito altos em algumas áreas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, podendo atingir em poucos dias 100% a 200% da média histórica de chuva de abril todo.

A região, conforme a MetSul Meteorologia, está em meio a um episódio de instabilidade que vai durar vários dias. Todos os dias devem ter chuva no Rio Grande do Sul até a terça-feira da semana que vem. Conforme o dia, chove mais ou menos em cada cidades. A soma de vários dias de instabilidade, entretanto, deve produzir acumulados de precipitação elevados. A chuva na maior parte do período até terça-feira será fraca ou na forma de garoa, mas em alguns momentos tende a ser moderada a ocasionalmente forte na maioria dos locais do Rio Grande do Sul. Isoladamente, há risco de momentos de chuva intensa, o que pode causar alagamentos em áreas urbanas e rurais. Hoje, a chuva não chega a ser generalizada no Rio Grande do Sul.

Vários pontos ao longo da fronteira com o Uruguai e mais ao Sul do Estado não devem ter precipitação. Já nesta sexta-feira se espera chuva mais ampla, embora pontos mais ao extremo Sul gaúcho possam seguir sem precipitação. No fim de semana, uma área de baixa pressão vai reforçar ainda mais a instabilidade com chuva em todas as regiões do estado e que será localmente forte. A chuva aumentará ainda no Leste de Santa Catarina, devendo ser forte em alguns pontos e com elevados volumes. O começo da semana que vem reserva mais chuva. Isso porque uma frente fria associada a um centro de baixa pressão na região do Prata deve começar a ingressar no Rio Grande do Sul a partir do Oeste, trazendo mais precipitação.

A frente traz chuva mais volumosa na Metade Oeste na segunda. Na terça-feira, o sistema frontal cruza pelo Estado, trazendo mais água. A tendência, de acordo com a análise da MetSul Meteorologia, é que grande parte dos municípios gaúchos registre acumulados de chuva de ao menos 50 mm a 100 mm até a terça-feira, mas haverá pontos do território em que choverá muito mais. Diversos pontos podem passar de 100 mm e algumas áreas de forma mais localizada podem anotar índices pluviométricos tão extremos como acima de 200 mm. No Litoral Norte gaúcho e o Leste de Santa Catarina podem ser registrados acumulados excessivos a extremos de precipitação nos próximos dias.

O risco é válido para localidades situadas principalmente junto à Serra do Mar, uma vez que as precipitações devem ser de natureza orográfica com umidade do oceano avançando sobre o relevo e gerando intensas precipitações.Observa-se a tendência de áreas do Litoral Norte gaúcho e do Leste de Santa Catarina, principalmente perto e junto à encosta da Serra do Mar, terem chuva muito volumosa a isoladamente extrema com possibilidade de acumulados de precipitação por demais altos de forma muito isolada.Acumulados tão altos e mesmo extremos como os indicados pelos modelos numéricos para estas regiões por conta da precipitação orográfica oferecem um elevado risco para a população porque capazes de gerar alagamentos, inundações repentinas, queda de barreiras e mesmo deslizamentos de terra.

O modelo WRF inicializado com o modelo norte-americano é ainda mais agressivo em indicar volumes extremos no Litoral Norte gaúcho e em parte do Leste catarinense. Existe a possibilidade de o modelo estar superestimando os volumes, mas considerando o seu histórico em eventos de chuva orográfica a projeção merece ser vista com atenção.Outra preocupação é com níveis de rios. Uma vez que se espera chuva com volumes muito altos e mesmo localmente extremos há risco de cheias e enchentes. Determinar quais rios podem enfrentar cheias não é possível ainda no momento, mas o risco nos parece alto para bacias que têm nascentes ou cruzam as áreas do Alto Jacuí, Serra e o Planalto Médio.




TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Texto publicado originalmente em

Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!
Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nossos termos de privacidade e consentimento da nossa Política de Privacidade.