Preços do boi seguem firmes e abates são maiores em 9 anos

Segundo pesquisadores do Cepea, o suporte está atrelado à necessidade de garantir escalas por parte de alguns frigoríficos, sobretudo neste final de ano

Publicado em 14/12/2023

Os preços do boi gordo estão firmes nas praças acompanhadas pelo Cepea. Na parcial de dezembro (até o dia 12), o Indicador CEPEA/B3 acumulava alta de 4,6%. Segundo pesquisadores do Cepea, o suporte está atrelado à necessidade de garantir escalas por parte de alguns frigoríficos, sobretudo neste final de ano, quando muitos pecuaristas tendem a reduzir o ritmo de vendas. As exportações de carne bovina in natura também estão aquecidas: fecharam a segunda semana de dezembro somando 64,87 mil toneladas, com embarque médio diário de 10,81 mil toneladas, 55,75% superior ao de dezembro/22, de acordo com a Secex. Em relação aos abates de bovinos no Brasil, o número de 2023 é o maior dos últimos nove anos – 24,64 milhões de animais de janeiro a setembro –, e a participação de fêmeas (vacas adultas e novilhas) chama a atenção: 42,3% do total, conforme dados do IBGE (Instituto Brasileiro e Geografia e Estatística).

Fonte: Cepea


TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Texto publicado originalmente em

Destaques
Mais lidas
1
Agro é destaque no fechamento do PIB nacional de 2023
2
Pecuária leiteira vive seu pior momento no Brasil, apontam líderes do setor
3
24ª Expodireto Cotrijal começa nesta segunda-feira
4
Decisão do Ibama divide opiniões sobre uso de inseticida letal a abelhas
5
Despejo de chorume rende multa a empresa ambiental
6
Exportação de gengibre cresce 114% em janeiro no Espírito Santo
7
Fábrica de fertilizantes de MG deve ser inaugurada dia 13
8
Pavilhão da Agricultura Familiar promete ser um dos destaques da 24ª Expodireto Cotrijal
9
RS terá uma rápida prévia do outono
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.