CNA debate medidas de apoio aos pecuaristas de corte

Entidade participou de reunião da Câmara Setorial na terça (14)
Imagem do autor

Publicado em 17/11/2023

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) debateu, na terça (14), o cenário atual do mercado de carne bovina e os impactos na renda e no custo dos produtores durante reunião da Câmara Setorial do setor do Ministério da Agricultura.

Na ocasião, o assessor técnico da CNA Rafael Ribeiro apresentou a queda de preços do boi gordo em São Paulo. Segundo os dados, a fase de baixa de preços nos últimos meses é resultado da maior oferta de animais, demanda interna fraca e queda nas exportações.

“O total de bovinos abatidos no primeiro semestre de 2023 aumentou 9% frente ao mesmo período de 2022. A maior disponibilidade de carne, somada ao recuo do consumo interno, tem pressionado para baixo as cotações do boi gordo”, disse.

Rafael informou que o mercado do boi tem sido pressionado desde 2022. “O cenário impactou negativamente a capacidade de investimentos na atividade por parte dos produtores, bem como em arcar com os compromissos junto às instituições financeiras. O pecuarista está descapitalizado”.

Durante a reunião, o assessor técnico defendeu a necessidade de suporte aos produtores nesse momento de baixa do mercado, considerando as expectativas de uma retomada da fase de alta nos preços do boi gordo somente em 2025.
Diante do cenário atual, a CNA solicitou ao Ministério da Agricultura a criação de linha emergencial de capital de giro, o aumento do prazo de reembolso da contratação de crédito de custeio pecuário com recursos obrigatórios e a renegociação de dívidas de operações de crédito contratadas entre 01/01/2021 e 01/09/2023.

Outro assunto debatido no encontro da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Carne Bovina foi a indicação de André Bartocci, feita pela CNA, para recondução à presidência da Câmara. Os membros apoiaram a decisão, que aguarda aprovação do ministro da Agricultura, Carlos Fávaro.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Texto publicado originalmente em

Destaques
Mais lidas
1
Detalhado projeto da nova fábrica da Mahindra no RS
2
Ano se inicia com preços do IPPA em queda
3
Após dia de alta, Commodities voltam a cair em Chicago
4
Indicador do algodão sobe e já opera na casa do R$ 4,2/LP
5
Começa hoje a Abertura Oficial da Colheita do Arroz no RS
6
Chuvas em fevereiro aliviam situação de lavoras de café
7
Preços da arroba do boi e da carne seguem pressionadas
8
Indicador do arroz retoma patamar de nov/23
9
Dia de muita chuva em grande parte do Brasil
10
Chuva continua volumosa no Tocantins, Sudeste e Nordeste
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.