Aberta a colheita do milho no RS

Produção de milho do Estado está estimada em 5,3 milhões de toneladas, alta de 44% sobre a safra anterior
Imagem do autor

Publicado em 28/02/2024

A produção de milho no Rio Grande do Sul é de extrema importância, tanto para a alimentação humana, quanto para a alimentação animal. A cultura é produzida em 485 dos 497 municípios gaúchos e para celebrar o período foi aberta a 11ª Colheita do Milho no Estado. A solenidade ocorreu na terça-feira, na Agropecuária Canoa Mirim, em Santa Vitória do Palmar, na zona Sul do Estado.

A produção estadual está estimada em 5,3 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 44%, comparado com a produção de 3,7 milhões de toneladas produzidas na safra anterior que foi muito afetado pela falta de chuva, conforme levantamento de safra da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), de fevereiro. A safra do grão é boa, mas menor do que a projetada pela Emater, de 6 milhões de toneladas, que acabou frustrada pelo clima.A programação começou às 8h30min com recepção dos participantes; às 9h incluiu roteiros técnicos nas lavouras e às 11h ocorreu a abertura oficial.O diretor do Departamento de Governança dos Sistemas Produtivos, Paulo Roberto da Silva, representou a Secretaria da Agricultura no ato e destacou que as dificuldades climáticas enfrentadas na produção da cultura nos últimos anos, sendo períodos de estiagens e outros de drenagem da água. “São ambos os desafios, mas que mostram que a parceria entre os órgãos públicos, entidades e universidades fortalecem todas as técnicas que são praticadas”, ressaltou.A abertura foi realizada novamente este ano na Metade Sul do Estado, visando consolidar o potencial do milho em terras baixas, com adoção de tecnologia sulco-camalhão que tem dado excelentes resultados. A técnica estabelece uma zona de cultivo em solo mais descompactado e profundo, ideal para o desenvolvimento radicular das culturas, possibilitando a drenagem (quando houver excesso hídrico) e a irrigação (quando houver falta de chuva) da lavoura ao longo do ciclo da cultura.A organização do evento é da Seapi, em conjunto com a Agropecuária Canoa Mirim, a Associação dos Produtores de Milho do Rio Grande do Sul (Apromilho), a Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), a Emater, o Sistema de Organização de Cooperativas do Rio Grande do Sul (Ocergs) e a Prefeitura de Santa Vitória do Palmar, com apoio de diversos parceiros.
Abertura ocorre em momento de otimismo quanto à produção do grão no Estado
Abertura ocorre em momento de otimismo quanto à produção do grão no Estado
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Mais lidas
1
Máquina utiliza Inteligência Artificial para fazer seleção de grãos
2
Aurora Coop inaugura indústria de processamento de carne de R$ 587 milhões
3
Safra de grãos será 25 milhões de toneladas a menos que anterior
4
Cercas e arames com alta tecnologia são destaque da Belgo na Tecnoshow
5
Artesanato local também teve o seu espaço na Tecnoshow
6
Mato Grosso do Sul terá a maior unidade de bovinos da América Latina
7
Aumento de casos de anomalia da soja preocupa no Sul
8
Maior feira da América Latina, Agrishow ainda fica devendo em infraestrutura
9
Tecnoshow Comigo movimentou R$ 9,340 bilhões em negócios
10
Corteva apresenta na Tecnoshow solução biológica fixadora de nitrogênio
11
Soja tem valor bruto de produção reduzido em um quinto
12
Cooperativa Frísia investe quase R$ 50 milhões para ampliar armazenagem
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.