Fávaro defende autonomia do Brasil em produção de fertilizantes

Ministro da Agricultura participou de reunião do Consag
Imagem do autor

Publicado em 06/02/2024

O ministro Carlos Fávaro (Agricultura e Pecuária) participou nesta segunda-feira (5) da abertura dos trabalhos, neste ano, do Consag (Conselho Superior do Agronegócio), na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). A pauta inaugural foi o Plano Nacional de Fertilizantes, que tem por objetivo reduzir a dependência brasileira do insumo, dando competitividade e sustentabilidade à produção nacional.“Temos o objetivo de aumentar a produção de fertilizantes em 50% até 2050. São 40 milhões de toneladas a mais e 100 milhões de toneladas de calcário agrícola aos nossos produtores”, destacou o ministro Fávaro. “Esse objetivo geraria 50 mil postos de trabalho direto e 500 mil indiretos”, completou.

O Confert aprovou em novembro as diretrizes, metas e ações do novo Plano Nacional de Fertilizantes (PNF). Atualmente, mais de 87% dos fertilizantes usados pela agricultura são importados, custando cerca de US$ 25 bilhões anuais. O horizonte do PNF é chegar a 2050 com uma produção nacional capaz de atendar entre 45% e 50% da demanda interna, além de gerar oportunidades e empregos para os brasileiros.
Ministro e dirigentes do conselho, durante a reunião. Foto: Divulgação/Mapa
Ministro e dirigentes do conselho, durante a reunião. Foto: Divulgação/Mapa




TAGS:
COMENTÁRIOS
“ só conversa e pouca ação, infelizmente.” - Autor: Daniel Galafassi

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Mais lidas
1
Escassez de frutas elevam preços do melão mais uma vez
2
Clima impulsiona aumento de oferta da alfece em SP
3
Público surpreende na Abertura Oficial da Colheita de Arroz e Grãos
4
Governo federal pretende mecanizar a agricultura familiar
5
Dados climáticos são fundamentais para a rentabilidade das culturas
6
Exportações de 873 mil doses foram destaque do mercado de sêmen em 2023
7
Rio Grande do Sul poderá ter temporais de hoje até quinta-feira
8
Preço do milho varia pouco no BR, mas cai com força no mercado externo
9
Demanda do ovo cai, mas a oferta controlada sustenta cotações
10
Com maior interesse comprador, soja tem peço mais firme na semana
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.