Começa hoje a 9ª Festa do Búfalo em Passo do Sobrado

Entre as atrações confirmadas estão exposição de animais, bailões, shows e o assado de duas carcaças de búfalo
Imagem do autor

Publicado em 14/03/2024

Depois de oito anos, a Festa do Búfalo volta a ser realizada em Passo do Sobrado, no Vale do Rio Pardo (RS). A nona edição do evento começa nesta quinta-feira (14) e segue até domingo, junto com a 7ª Expofeira de Passo do Sobrado. As atividades serão realizadas na Comunidade Matriz Nossa Senhora do Rosário, em frente ao Salão Paroquial.

Entre as principais atrações musicais, destacam-se bandas tradicionais do Rio Grande do Sul, como Rogério Magrão e Banda, Grupo Presença, Champion, Magia Musical, Passarela, Porto do Som e Os Buenachos. Além da música, o rodeio country com Cesar Paraná é outro destaque, agendado para sexta-feira, sábado e domingo. A Festa do Búfalo tem o apoio da Associação Gaúcha de Criadores de Búfalos (Ascribu). Duas carcaças inteiras de búfalo serão assadas hoje amanhã. Para isso, um time de com mais de dez assadores, incluindo um argentino, foi escalado para a missão.
Festa do Búfalo volta a ser realizada em Passo do Sobrado, no Vale do Rio Pardo (RS)
Festa do Búfalo volta a ser realizada em Passo do Sobrado, no Vale do Rio Pardo (RS)

O vice-presidente da Ascribu, Raphael Gonçalves, diz que a iniciativa faz parte de uma ação da entidade na promoção e valorização da bubalinocultura no Estado. “E um dos pilares dessas ações que a gente vem desenvolvendo é o incentivo e apoio à eventos que proporcionem a divulgação da carne de búfalo como alternativa mais saudável, como alternativa hoje de uma proteína vermelha com alta qualidade”, destaca.

Expansão

O número de criadores tem aumentado no Estado, conforme a presidente da Associação Sulina de Criadores de Búfalos (Ascribu), a criadora e médica-veterinária Desireé Hastenpflug Möller, que cria búfalos das raças Mediterrânea e Murrah desde 2018 em Araricá. Ela diz que cada vez mais, a bubalinocultura é conhecida e reconhecida nos campos pelo fácil manejo e na gastronomia, pelos diferenciais da carne e do leite. “A carne do búfalo é uma das características que têm chamado a atenção, tanto dos criadores como dos consumidores, pois tem 55% menos colesterol, 40% menos calorias e 12 vezes menos gordura, quando comparada à do bovino.”, salienta.

Apesar de existirem 19 raças de búfalos no mundo, no Brasil temos apenas quatro: Mediterrânea, Murrah, Jafarabadi e Carabao”, destaca a criadora, ao avaliar que o Brasil tem uma média de 3 milhões de cabeças de búfalos, o que representa 1% do rebanho mundial. O Pará é o estado com mais criadores.
O RS conta com um rebanho de 50 mil cabeças, o que reapresenta 0,5% do rebanho gaúcho de bovinos e bubalinos. É possível encontrar grandes criações desde Uruguaiana, na Fronteira Oeste, até Camaquã, no sul do Estado, segundo Desireé. Atualmente são 600 criadores, sendo que Viamão, na Região Metropolitana, é o município com maior número de criadores. São 35 no total, embora o número de animais seja pequeno: 1,5 mil. A Ascribu tem 70 associados.


TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.