INÍCIO AGRICULTURA Commodities

Perdas da soja em Chicago nesta quinta numa semana desafiadora

As dúvidas no mercado decorrem dos acontecimentos geopolíticos e das tensões no Oriente Médio
Camilo Motter
- Especial para Rural News
Publicado em 18/04/2024

Os contratos negociados com soja nos futuros de Chicago chegam ao intervalo desta quinta-feira, 18, com perdas de 8 cents, a US$ 11,41/maio. Ontem houve ganhos entre 4 e 5 cents nos principais vencimentos.

A semana vem se mostrando bastante desafiadora, com perdas de quase 3% até agora. Os últimos acontecimentos geopolíticos e a possibilidade de aumento das tensões no Oriente Médio formam uma nuvem de dúvidas sobre o crescimento da economia mundial, sobretudo pela fuga de ativos para aplicações em papéis de menor risco. Além das incertezas econômicas, o mercado anda preocupado com a baixa demanda pelo produto norte-americano, que vê as exportações longe de atingir a meta proposta pelo USDA.

Pesa também a entrada do produto sul-americano que, mesmo com as perdas no Brasil, tem forte incremento da safra argentina. O mercado também monitora o andamento do plantio nos EUA, que, por ora, registra apenas 3%, mas tem condições de avançar rapidamente – num ano em que o USDA prevê aumento de área.

Safra brasileira

A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) estima a safra brasileira de soja em 153,8 milhões de toneladas, ante o recorde do ano passado de 160,3 milhões.

As exportações estão previstas em 97,8 milhões, contra 101,9 milhões do ciclo passado e o esmagamento deve alcançar 54,5 milhões, ante 54,2 milhões da última temporada. E apesar de operar abaixo do topo atingido no início da semana, a alta do dólar segue como fator de sustentação dos preços internos. O interesse de venda, porém, foi se esvaziando na medida em que as indicações perderam força. Além do acirramento do conflito no Oriente Médio, o mercado está seriamente preocupado com a deterioração das contas do governo federal.

Cotações

No mercado spot, prêmios nos portos são indicados na faixa entre -5/+15. No oeste do Paraná chance de negócios entre R$ 122,00/123,00 e em Paranaguá na faixa de R$ 130,00/131,00 – dependendo do prazo de pagamento e, no interior, também do local e do período de embarque. E o câmbio opera estável nesta manhã a R$ 5,24. Ontem, fechou em R$ 5,242.


Sobre o autor Camilo Motter

Possui graduação em Jornalismo pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos(1981), graduação em Economia pela Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Cascavel(1985), especialização em Teoria Econômica pela Universidade Federal do Paraná(1989) e mestrado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina(2001). Tem experiência na área de Economia. Atuando principalmente nos seguintes temas:Maximização da Renda, Informação, Comercialização. É diretor da Corretora Granoeste, de Cascavel/PR.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!
Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nossos termos de privacidade e consentimento da nossa Política de Privacidade.