INÍCIO AGRICULTURA Commodities

Falta de direção dá o tom das commodities em Chicago

O dia começou dando indícios de que teríamos uma correção do movimento altista visto nos últimos três pregões, durante o pregão noturno as baixas predominavam, mas ao longo consolidou-se de maneira mista
Rodrigo Trage
- Especial para Rural News
Publicado em 24/04/2024

O pregão de quarta-feira, 24/04, foi marcado pela falta de direção para as commodities na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT). O dia começou dando indícios de que teríamos uma correção do movimento altista visto nos últimos três pregões, durante o pregão noturno as baixas predominavam. Cenário que foi se alterando ao longo pregão e por fim o dia consolidou-se de maneira mista.Na ponta da baixa tivemos o óleo de soja caindo -1,33% e o milho com queda de -1,19%. Essas quedas não têm motivadores muito fortes no momento, mas podemos elencar alguns possíveis atores de mais baixa intensidade: a alta do dólar contra as moedas de países desenvolvidos e contra países emergentes – nenhuma movimentação absurda, mas em certo ponto, ajuda-, a perspectiva de um clima favorável ao plantio e desenvolvimento das lavouras nas principais regiões dos EUA, nesse ponto também não vemos nada de anormal e a queda do petróleo -0,66%, todos esses pontos que apesar de não terem nada de espetacular, acabam contribuindo levemente para uma queda nas cotações.O grão da soja fechou estável com -0,04%, na ponta positiva temos o farelo de soja com alta de +0,90% e o trigo que encerrou o quarto pregão consecutivo em alta, registrando +1,70%, no acumulado da semana já são mais de 8%. O mercado de trigo encerrou cotado a $6,13/bu e sua próxima região de interesse fica na casa dos $6,30/bu, caso rompa esse patamar, podemos ver mais um forte movimento de alta nessa comoditie.Agora falando sobre a macroeconomia, também tivemos uma inversão ante o que foi visto no início do dia, especialmente quando se trata das bolsas europeias. Por lá durante a manhã o sentimento era de puro otimismo e continuação das altas anteriores. Ao longo do dia o humor mudou e as bolsas por lá encerram todas no negativo. Euro Stoxx 50 caiu -0,42% e a bolsa que mais caiu foi a espanhola com -0,43%.Ásia fechou toda em alta ainda repercutindo o dado de índice de atividade americano que foi publicado ontem. Shanghai +0,76%, enquanto Hang Seng, Nikkei e Kospi subiram mais de 2%. Nos EUA as bolsas operaram entre altas e baixas, por fim fechando estáveis. No Brasil, apesar do minério de ferro ter feito uma alta de mais de 4% e ajudado a vale a subir +1,24%, não foi o suficiente para manter a alta e encerrou mais um dia em queda de -0,33%

O óleo de soja caiu-1,33% e o milho teve queda de -1,19%
O óleo de soja caiu-1,33% e o milho teve queda de -1,19%

Sobre o autor Rodrigo Trage

Sócio da Granoeste Investimentos desde 2016, graduado em Ciência da Computação pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná e MBA em Inteligência Financeira pela Universidade Positivo. Especialista em renda variável de mercados globais e nacionais. Correspondente Bancário FBB100 Profissional credenciado junto a CVM como Agente Autônomo de Investimentos.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!
Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nossos termos de privacidade e consentimento da nossa Política de Privacidade.