RS prorroga estado de emergência zoossanitária para combater a gripe aviária

Medida agiliza questões administrativas, jurídicas e financeiras para que doença mantenha-se longe de plantéis avícolas gaúchos

Publicado em 24/01/2024

O Rio Grande do Sul prorrogou por mais 180 dias o estado de emergência zoossanitária para enfrentamento da gripe aviária. Embora o Estado não tenha registro da doença em plantel avícola comercial ou de subsistência, conta com três focos em leões-marinhos ainda não oficialmente encerrados.

A medida foi oficializada pelo decreto 57.439/2024, publicado no Diário Oficial do Estado de segunda-feira (22/1) e vale até 22 de julho. A renovação acompanha orientação do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), que também prorrogou o estado de emergência em todo território nacional por mais 180 dias.
Estado conta com três focos de gripe aviária em leões-marinhos ainda não oficialmente encerrado
Estado conta com três focos de gripe aviária em leões-marinhos ainda não oficialmente encerrado

Segundo a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi) a emergência zoossanitária agiliza questões administrativas e jurídicas para aquisição mais rápida de equipamentos e produtos necessários ao enfrentamento da enfermidade, além facilitar o acesso aos recursos disponíveis para a finalidade.

Para o diretor adjunto do Departamento de Vigilância e Defesa Sanitária Animal da Seapi, Francisco Lopes, a prorrogação auxilia e dá prioridade para as ações de controle da doença. “Como a avicultura soma o maior valor bruto da produção agropecuária do Rio Grande do Sul, apesar da redução dos registros de mortalidade de animais silvestres, o Serviço Veterinário Oficial permanece em alerta, com o monitoramento da influenza aviária em todo o Estado e com ações de vigilância e de educação sanitária", destaca.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Mais lidas
1
Detalhado projeto da nova fábrica da Mahindra no RS
2
Ano se inicia com preços do IPPA em queda
3
Após dia de alta, Commodities voltam a cair em Chicago
4
Indicador do algodão sobe e já opera na casa do R$ 4,2/LP
5
Começa hoje a Abertura Oficial da Colheita do Arroz no RS
6
Chuvas em fevereiro aliviam situação de lavoras de café
7
Preços da arroba do boi e da carne seguem pressionadas
8
Mais um dia de forte queda para o complexo da soja em Chicago
9
Indicador do arroz retoma patamar de nov/23
10
Conheça o AgroBanker, a nova carreira do agronegócio
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.