Avicultura 06/02/2024

Espírito Santo registra 32º caso de gripe aviária

Caso ocorreu em Itapemirim, um dos focos da doença na Estado

Novo caso da doença foi diagnosticado em ave da espécie trinta-réis-boreal

Redação em Cascavel/PR

O Idaf (Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal), do Espírito Santo, confirmou o registro de mais um caso de influenza aviária no litoral de Itapemirim. É o 32º caso confirmado da doença no Estado e o primeiro deste ano.A ave infectada é da espécie trinta-réis-boreal, que foi resgatada por agentes do Projeto de Monitoramento de Praias. Segundo o Idaf, a ave apresentava sintomas neurológicos.O diagnóstico foi confirmado pelo Ipram (Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos), onde a ave morreu na sexta-feira (2).O novo registro levou preocupação às autoridades sanitárias do Estado. "Sabemos que o vírus ainda está presente em nosso território e não podemos descuidar", disse o secretário estadual de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Enio Bergoli, Com a nova ocorrência, o Idaf reforçou ações de educação sanitária em Itapemirim, principalmente entre pescadores.O estado de emergência zoossanitária foi estendido por mais 180 dias no Espírito Santo.PaísO Brasil registra, até agora 149 casos confirmados de gripe aviária em aves silvestres, 5 em mamíferos aquáticos e 3 em aves de subsistência (fundo de quintal), segundo dados do Ministério da Agricultura.Além do Espírito Santo, os estados com maior número de casos são: São Paulo (53), Rio de Janeiro (23) e Santa Catarina (20).


TAGS: avicultura - gripe aviária