Vegetais 28/01/2024

Iluminação artificial pode ampliar produção de hortaliças e aumentar renda

Lâmpadas de LED utilizadas durante à noite em hortas de alface potencializam vigor e tamanho das plantas

As lâmpadas são acionadas ao final da tarde, ficam acesas por seis horas e desligam em tempos diferentes.

Redação em Porto Alegre/RS

O uso da iluminação artificial pode ampliar a produtividade de hortaliças, indicam os primeiros resultados de um projeto realizado por estudantes de energia elétrica da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul. O experimento utiliza lâmpadas de LED que imitam a luz solar para estimular o crescimento de alface durante a noite. O objetivo é criar um sistema economicamente viável para aumentar a renda de pequenos agricultores.
Dez dez canteiros de 1m² cada servem de base para a pesquisa. Oito deles contam com lâmpadas de LED azul e vermelhas. As cores geram uma iluminação rosa. As lâmpadas são acionadas ao final da tarde, ficam acesas por seis horas e desligam em tempos diferentes.
“Através desse sistema, o tempo de cultivo de uma horta reduz, o que aumenta a produtividade desta área em um mesmo período de tempo. Por consequência, aumenta também a rentabilidade para estes agricultores.”, explica o professor coordenador da pesquisa, Paulo César Vargas da Luz.
Após a primeira colheita, os resultados dos 72 pés de alface estimulamos com a iluminação por 45 dias - em relação aos 18 crescidos sem estímulo -, mostraram diferenças no número de folhas (+47%), na área foliar (+63%), no peso (+57%) e no diâmetro das plantas (+17%).
O professor afirma que, de os resultados seguirem positivos, o estudo sobre a suplementação luminosas pode ser expandido para outras categorias de plantas.

TAGS: Hortaliças - UFSM