Soja 16/05/2024

Veja o calendário de semeadura de soja para a safra 2024/25

O vazio sanitário, um período contínuo de no mínimo 90 dias, proíbe estritamente o plantio e a manutenção de plantas de soja em qualquer estágio de desenvolvimento

Calendário de semeadura é adotado como uma medida fitossanitária complementar ao período de vazio sanitário da soja. Foto MAPA

Vandré Dubiela

Em uma medida importante para a segurança fitossanitária, o Ministério da Agricultura e Pecuária anunciou por meio da Portaria nº 1.111 os períodos de vazio sanitário e calendário de semeadura para a soja em nível nacional, referentes à próxima safra 2024/2025.

Para definir os períodos de vazio sanitário e o calendário de semeadura, contamos com dados técnicos e realizamos reuniões com os órgãos estaduais de defesa vegetal
- Edilene Cambraia, diretora do Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas.
O vazio sanitário, um período contínuo de no mínimo 90 dias, proíbe estritamente o plantio e a manutenção de plantas de soja em qualquer estágio de desenvolvimento em áreas designadas. Esta medida, amplamente reconhecida, é vital para o controle da temida ferrugem asiática da soja, ocasionada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi. O objetivo principal é reduzir ao máximo possível a presença do inóculo da doença, mitigando assim os impactos negativos na safra subsequente.


Paralelamente, o calendário de semeadura é adotado como uma medida fitossanitária complementar ao período de vazio sanitário. Integrado ao Programa Nacional de Controle da Ferrugem Asiática da Soja (PNCFS), essa ação visa racionalizar o uso de fungicidas e diminuir os riscos de resistência da ferrugem asiática às substâncias químicas utilizadas em seu controle.

Para estabelecer as datas, o Ministério considerou minuciosamente as condições climáticas, além de ponderar as sugestões enviadas pelos estados. A ferrugem asiática é reconhecida como uma das doenças mais devastadoras que afetam a cultura da soja, podendo ocorrer em qualquer estágio fenológico. Em regiões onde a praga foi relatada em níveis epidêmicos, os danos podem variar de 10% a 90% da produção, destacando a importância crítica dessas medidas de controle fitossanitário.

TAGS: soja - vazio sanitário - calendário - ferrugem asiática