INÍCIO AGRICULTURA Grãos

Brasileira DigiFarmz mira cobrir 200 mil hectares de grãos no Corn Belt norte-americano nos próximos anos

Agtech é especializada em tecnologia para recomendação preditiva personalizada de manejo agronômico para o controle de doenças, em particular na soja e trigo
Ronaldo Luiz
- Exclusivo Rural News
Publicado em 06/06/2024

A DigiFarmz – www.digifarmz.com -, agtech especializada em tecnologia digital para recomendação preditiva personalizada de manejo agronômico para o controle de doenças, em particular na soja e trigo, tem como meta alcançar nos próximos anos 200 mil hectares na região do Corn Belt dos EUA, atendendo produtores de grãos dos estados de Indiana, Ohio, Iowa, Illinois e Michigan.

Em processo de validação para operar no mercado norte-americano, os dois fundadores da empresa se mudaram no ano passado para os EUA. Nesta jornada, Alexandre Chequim (CEO) e Ricardo Balardin (CSO) costuram parcerias com universidades, entidades, fundações, entre elas a Bill Melinda Gates e já desenvolvem projetos-pilotos em fazendas locais.

Com mais de meio milhão de hectares monitorados em aproximadamente mil fazendas no Brasil e Paraguai, a DigiFarmz, fundada em 2017 em Porto Alegre (RS), combina ensaios e pesquisas de campo com algoritmos ancorados em Inteligência Artificial para, com base em mais de 50 variáveis, entregar orientações para melhor tomada de decisão sobre custo-benefício de fungicidas, janelas mais adequadas de plantio, bem como para aplicação de insumos e respectivas doses, alertas em tempo real de incidência de doenças, entre outros apontamentos para assegurar o potencial produtivo das lavouras.

"Nosso sistema é, primordialmente, agnóstico, ao apresentar indicadores de eficácia dos fungicidas, classificados tanto por princípio ativo, quanto por nome comercial, considerando as especificidades não por lavoura, e sim por talhão, englobando genética de cultivares, datas de semeadura, fatores climáticos, entre outras informações", ressalta Balardin, que também foi um dos fundadores do Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb), que acrescenta: "entregamos informação isenta para o produtor, do simples catálogo virtual de produtos até recomendações preditivas em tempo real para o melhor manejo agronômico de controle de doenças da lavoura, sempre buscando redução de custos e aumento de produtividade".

Certificada, em 2018, em um dos programas de aceleração de startups mais conceituados do país, desenvolvido pela ACE, a DigiFarmz também fechou recentemente parceria com a ForFarmer, plataforma online de produtos e serviços para o produtor rural, com atuação nacional, em particular com forte presença no centro-leste do Paraná.

Com o acordo, a DigiFarmz passa a compor a prateleira de soluções do portfólio da ForFarmer, abrindo assim um novo canal de comercialização, com expectativa de elevar entre 25% a 30% seu potencial de vendas, segundo Chequim. "Essa parceria é muito importante para nossa jornada de expansão, já que irá nos dar capilaridade em polos de produção que são estratégicos para nós e que ainda não tínhamos atuação presencial. Por meio do time de agrônomos da ForFamer, teremos nova oportunidade de validar junto ao produtor as entregas de nossos softwares."

Sobre o autor Ronaldo Luiz

Ronaldo Luiz é jornalista, com mais de 20 de trajetória no agronegócio. É editor dos Portais Uagro/DATAGRO, repórter especial da revista Plant Project, do site CenárioAgro e apresentador do talk show digital AgroPapo. É ainda colunista no Jornal Mato Grosso no Ar, distribuído para mais de 60 rádios de Mato Grosso, bem como do Portal RuralNews. Administra o grupo SouAgro no LinkedIn, que conta mais de 60 mil participantes. É proprietário da agência ComResultado - www.comresultado.com.br.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!
Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!
Ao continuar com o cadastro, você concorda com nossos termos de privacidade e consentimento da nossa Política de Privacidade.