Café 03/04/2024

Café robusta atinge recorde real em março

Segundo pesquisadores do Cepea, o impulso vem sobretudo da maior demanda internacional pela variedade brasileira

CEPEA/Esalq

No último dia 27 de março, o Indicador CEPEA/ESALQ do café robusta tipo 6, peneira 13 acima, fechou a R$ 955,19/saca de 60 kg, o maior valor da série histórica do Cepea para a variedade, iniciada em novembro de 2001, em termos reais (deflacionamento pelo IGP-DI de fevereiro/24). No acumulado de março, a valorização foi de expressivos 13,3% ou 111,67 Reais/sc. A média mensal do Indicador foi de R$ 892,73/sc, 6% superior à de fevereiro, expressivos 38,1% acima da de março/23, e também um recorde. Segundo pesquisadores do Cepea, o impulso vem sobretudo da maior demanda internacional pela variedade brasileira. Compradores externos têm se deslocado ao Brasil, diante de problemas relacionados à safra do Vietnã, que é o maior produtor de robusta do mundo – em dezembro/23, o USDA indicou que a produção do país asiático poderia cair 12% frente aos dados divulgados em junho do mesmo ano.

TAGS: café - café robusta - colheita café


Texto publicado originalmente em https://www.cepea.esalq.usp.br/br/diarias-de-mercado/cafe-cepea-robusta-atinge-recorde-real-em-marco.aspx