Soja fecha em alta no último pregão da semana

Milho e trigo encerraram o dia em baixa e dólar sobe

Publicado em 01/03/2024

Depois de atravessar mais uma semana difícil, com altas oscilações de cotação, os contratos futuros de soja negociados na bolsa de Chicago subiram nesta sexta-feira (1º). O resultado reverte o fechamento da quinta-feira, mesmo com a grande oferta global.O contrato mais expoente da soja na CBOT fechou em alta de 10,50 centavos, a 11,5125 dólares o bushel.Especialistas, porém, veem o resultado do dia com reservas.

Eles temem que a entrada da safra da Argentina venha, novamente, pressionar os preços. Todos concordam que a soja brasileira tem preços baixos - o que demanda esforços para a recuperação de perdas.Há expectativa sobre as perdas da safra brasileira e a possibilidade de aumento da área cultivada nos Estados Unidos.
Desconfiados, operadores temem novas baixas com safra da Argentina
Desconfiados, operadores temem novas baixas com safra da Argentina

Trigo

No mercado futuro de trigo, a ampla oferta do Mar Negro e às crescentes dúvidas sobre quando as remessas reservadas pela China pressionaram os preços. O cereal terminou o dia em queda de 18,50 centavos, a 5,5775 dólares o bushel, na CBOT.

Milho

O milho caiu 4,75 centavos, a 4,2475 dólares o bushel.

Dólar

O dólar à vista fechou nesta sexta-feira em baixa ante o real. A causa apontada por agentes do mercado foi uma sintonia com o recuo da moeda norte-americana após a divulgação de dados fracos do setor industrial dos EUA e o possível corte de juros pelo Federal Reserve em junho.
O dólar à vista fechou o dia cotado a R$ 4,9545 na venda, em queda de 0,35%. Na semana, a moeda norte-americana acumulou baixa de 0,78%.




TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.