Após perder 3% na semana, milho abre operando em alta na CBOT

Os contratos negociados com milho em Chicago operam na manhã desta terça-feira em alta de 2 a 3 cents, a U$ 4,19/março
Imagem do autor
- Especial para Rural News
Publicado em 20/02/2024

Os contratos negociados com milho em Chicago operam em alta de 2 a 3 cents, a U$ 4,19/março, neste momento, manhã de terça-feira. Na semana passada, as perdas chegaram a 3%. Ontem não houve pregão devido ao feriado nos EUA. Na BMF, a posição março trabalha em R$ 65,00 (+0,1%) e maio, em R$ 65,60 (+0,2%).As exportações brasileiras de milho em fevereiro atingem 1,45MT em dados computados até dia 19. No mês inteiro do ano passado, o volume embarcado foi de 2,27MT.Segundo a agência Safras Mercado, a colheita de milho verão em território nacional chega a 29%, contra 22,2% de mesmo período no ano passado. Por estado, os percentuais colhidos são: 52,4% no Rio Grande do Sul; 42,9% em Santa Catarina; 30,3% no Paraná; 13% em São Paulo; 4,4% em Minas Gerais e 0,7% em Goiás/Distrito Federal.Ainda, de acordo com a consultoria Safras, o plantio de milho safrinha na região Centro-Sul atinge 38,7%, ante 27,4% da mesma data do ano anterior. A semeadura chega 52,7% no Mato Grosso; a 40,6% no Paraná; 26,7% no Mato Grosso do Sul; 26,6% em Goiás e 13,2% em São Paulo.No oeste do Paraná, indicações de compra para lotes prontos de milho na faixa entre R$ 55,00/57,00 – dependendo de prazos de pagamento e localização do lote.Dólar opera estável neste momento, a R$ 4,96. Ontem, fechou em R$ 4,961.

Sobre o autor

Possui graduação em Jornalismo pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos(1981), graduação em Economia pela Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Cascavel(1985), especialização em Teoria Econômica pela Universidade Federal do Paraná(1989) e mestrado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina(2001). Tem experiência na área de Economia. Atuando principalmente nos seguintes temas:Maximização da Renda, Informação, Comercialização. É diretor da Corretora Granoeste, de Cascavel/PR.
TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Destaques
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.