Baixa liquidez do algodão mantém preços enfraquecidos

Em apenas quatro dias úteis, já foram exportadas 47,33 mil toneladas da fibra, segundo dados da Secex

Publicado em 10/01/2024

Em meio à liquidez ainda baixa, os preços internos do algodão em pluma iniciam o ano enfraquecidos. Nos oito primeiros dias de janeiro, o Indicador CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, recuou 2,4%, fechando a R$ 3,9031/lp nessa segunda-feira, 8. Segundo pesquisadores do Cepea, boa parte dos agentes segue em recesso e/ou em férias coletivas, devendo voltar às atividades gradualmente nos próximos dias e contribuindo para a retomada no ritmo de negócios. Ao mesmo tempo, o foco de players continua sendo os carregamentos e o cumprimento de contratos a termo destinados aos mercados interno e, sobretudo, externo. Depois de escoar em dezembro/23 o segundo maior volume de algodão em pluma para o mês, de 350,8 mil toneladas, os embarques brasileiros seguem intensos neste começo de 2024. Em apenas quatro dias úteis, já foram exportadas 47,33 mil toneladas da fibra, segundo dados da Secex. Esse volume representa 13% de toda a exportação de dez/23 e 38% da de jan/23.

TAGS:
COMENTÁRIOS

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO...

Texto publicado originalmente em

Destaques
Mais lidas
1
Detalhado projeto da nova fábrica da Mahindra no RS
2
Ano se inicia com preços do IPPA em queda
3
Após dia de alta, Commodities voltam a cair em Chicago
4
Indicador do algodão sobe e já opera na casa do R$ 4,2/LP
5
Começa hoje a Abertura Oficial da Colheita do Arroz no RS
6
Chuvas em fevereiro aliviam situação de lavoras de café
7
Preços da arroba do boi e da carne seguem pressionadas
8
Indicador do arroz retoma patamar de nov/23
9
Mais um dia de forte queda para o complexo da soja em Chicago
10
Dia de muita chuva em grande parte do Brasil
Assine nossa NEWSLETTER
Notícias diárias no seu email!



Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.